segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Um Raio de Sol no meio da escuridão


Num ano que tem sido dificil para todos,e a nivel pessoal muito dificil e problemático para mim,tive hoje um dia de felicidade - o nascimento da minha sobrinha.

Bem vinda ao mundo Alexandra !!! :D

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Capital Europeia da Cultura domina Marcha Gualteriana

As obras, o coração, o carro alusivo, os brindes. Um pouco por toda a Marcha Gualteriana de Guimarães era possível vislumbrar o "toque" do ano cultural único que a cidade vive. Os nove carros em desfile partiram às 23 horas de segunda-feira, como manda a tradição.

As ruas da cidade encheram para ver a Marcha Gualteriana
O cariz distinto da 106ª edição da Marcha Gualteriana, evento que encerra as festas da cidade, foi o carro alegórico da Capital Europeia da Cultura, um dos mais aplaudidos a par do da Cidade. O veículo cultural distribuía rebuçados e pulseiras com a inscrição "Guimarães 2012", enquanto mostrava os corações com o logótipo do evento pintado com as bandeiras europeias.

As ruas da cidade encheram. Os vimaranenses e muitos turistas, portugueses ou estrangeiros, tornaram-se parte do espetáculo e interagiram com os chamados números vivos, que vão a pé transportando placas com inscrições cómicas. A crise económica, o Governo e Miguel Relvas, Cavaco Silva e a polémica grade dourada do Largo do Toural, em Guimarães, foram os mais aplaudidos.

Fonte: http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Braga&Concelho=Guimar%E3es&Option=Interior&content_id=2708113

domingo, 29 de julho de 2012

Homem tem forte dor de cabeça quando vê pornografia

Quando achavam que já tinham visto de tudo na vida, um grupo de neurologistas de Nova Delhi (Índia) atendeu um caso curioso: seu paciente, um jovem indiano de 24 anos, contou que sente fortes dores de cabeça toda vez que assiste a vídeos de pornografia.

Mais estranho ainda é o fato de o paciente nunca ter tido problemas semelhantes, não ter histórico familiar de enxaquecas e não ter sofrido qualquer trauma na cabeça. Exames físicos e neurológicos também vieram normais.

O que estaria atrapalhando sua tentativa de “diversão solitária”? Os responsáveis pelo caso sugerem que a culpa seria de alterações em nervos localizados no rosto e no maxilar do paciente, que se tornam mais sensíveis durante as alterações emocionais causadas pela pornografia.

Dor no prazer

Ao contrário do que muita gente pensa, dores de cabeça associadas ao sexo não são tão raras assim: uma em cada cem pessoas sofre com isso pelo menos uma vez na vida e, no caso dos homens, com maior intensidade.

Existem dois tipos de dor: a pré orgásmica, que começa durante o ato e vai piorando, e a orgásmica, que acontece repentinamente durante o clímax. O primeiro tipo corresponde a menos de 1/3 dos casos registrados (e é justamente o que aflige o paciente em questão).

As causas continuam incertas. De acordo com o estudo mais recente, publicado no periódico Archives of Sexual Behaviour, as contrações musculares envolvidas no sexo seriam responsáveis pela dor. Outra hipótese é a de que a alteração no fluxo sanguíneo na hora do “bem bom” poderia ser a culpada.

Nosso amigo indiano não quis largar sua diversão, e ficou feliz ao saber que tomar ibuprofeno e paracetamol meia hora antes garantiria sessões indolores.[Daily Mail UK]

Fonte: http://hypescience.com/homem-tem-forte-dor-de-cabeca-quando-ve-pornografia/

Por que as pessoas adoram brigar na internet ?

Você provavelmente já viu (ou, quem sabe, já começou) discussões “acaloradas” em seções de comentários de sites ou em redes sociais. No ambiente virtual, muita gente gosta de “soltar os cachorros” e expor seus pontos de vista com sarcasmo e agressividade.

Para alguns especialistas, a prática não apenas faz pouco sentido, como também pode atrapalhar o convívio social cara-a-cara. “Ter uma forte experiência emocional que não acaba de modo saudável não pode ser bom para você”, diz o professor de psicologia Art Markman, da Universidade do Texas em Austin (EUA).

Fundamentos da discórdia

Ele apontou algumas possíveis razões por trás das brigas virtuais. O primeiro seria o anonimato – mesmo quando usamos perfis reais, muitas vezes o “adversário” provavelmente nem nos conhece direito. O segundo fator seria a distância, que deixa as pessoas mais à vontade para brigar. Por fim, é mais fácil “destilar veneno” com escrita do que com a fala – há séculos já era comum as pessoas publicarem artigos ou cartas em jornais atacando seus adversários.

Além da agressividade, outro elemento impressionante em alguns debates virtuais é o tamanho dos comentários. Como as brigas não acontecem exatamente em tempo real, a pessoa tem mais tempo para pensar e dar uma resposta – e, ao invés de se acalmar, muitas vezes acaba “refinando” a agressividade.

Para o professor de Ética em Jornalismo Edward Wasserman, da Universidade de Washington e Lee (EUA), há maus exemplos na mídia que reforçam esse tipo de comportamento – em artigo recente, ele cita apresentadores de televisão dos Estados Unidos famosos por seu estilo agressivo. “As pessoas, de modo compreensível, concluem que a ira é a linguagem da política e que é assim que se discutem ideias públicas”, escreveu Wasserman.

Como manter a cabeça no lugar

Embora a internet ajude a criar contato entre pessoas que, de outra maneira, jamais se conheceriam, ela muitas vezes não dá suporte a certos elementos fundamentais da comunicação, como os gestos, o tom de voz e o contato visual.

“Quanto maior a distância do diálogo cara-a-cara, em tempo real, mais difícil é se comunicar”, apontou Markman. Ele acredita que a mídia não deveria reforçar a ideia de que agressividade é boa para discussões. “Mesmo que alguém exponha uma ideia legítima, se usar um tom agressivo, está ferindo a natureza da discussão e incentivando outras pessoas a responder da mesma forma”.

Para os usuários “esquentados”, ele sugere que criem o hábito de debater ideias pessoalmente – o que incentiva o exercício da paciência na hora de expor pontos de vista. Se eles praticarem isso, terão mais facilidade para dialogar no meio virtual sem depender de “veneno” para dizer o que pensam.[Life's Little Mysteries]

Fonte: http://hypescience.com/por-que-as-pessoas-adoram-brigar-na-internet/

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Ondas








Praia da Póvoa de Varzim





terça-feira, 3 de julho de 2012

Exército dos Estados Unidos trabalha na criação de uma ilha

Imagem mostra os resultados de mais de 14 anos de trabalho


Ilha é um santuário ecológico (Fonte da imagem: Reprodução/Exército dos Estados Unidos)

O exército norte-americano sempre está investindo em inovações e novas tecnologias. E, desde 1998, eles também estão criando uma ilha. Isso mesmo, uma ilha completa vem tomando forma na costa dos Estados Unidos. Chamada de Poplar Island, a área fica em uma região ao nordeste do país, localizada no meio da Baía de Chesapeake, a cerca de 50 quilômetros do porto de Baltimore.

Durante os últimos anos, a engenharia militar vem trabalhando na construção de diques de concreto que possam “estabelecer o perímetro” da ilha e enchendo o lugar com muita lama. E, para alegria de todos, o lugar não vem sendo utilizado para nada com fins militares ou desenvolvimento bélico. A ilha, na verdade, é tratada como um santuário ecológico e atualmente é a casa de mais de 170 espécies diferentes de pássaros.

Fonte: http://tecmundo.com.br/invencao/26076-exercito-dos-estados-unidos-trabalha-na-criacao-de-uma-ilha.htm

Guinness Book: maior crocodilo do mundo é capturado nas Filipinas


De acordo com o The Huffington Post, um crocodilo gigante, medindo pouco mais de 6 metros de comprimento e pesando mais de 1 tonelada, foi capturado por habitantes de um vilarejo das Filipinas, entrando para o livro dos recordes como o maior animal desse tipo a ser mantido em cativeiro.

Conhecido como Lolong, o crocodilo foi capturado em setembro do ano passado em Bunawan por um grupo de mais de 100 pessoas, que o tiraram de um rio depois de três semanas de cerco. Acredita-se que Lolong seria o responsável pela morte de uma criança e pelo desaparecimento de um pescador da região.

O animal acabou se transformando na atração especial de um parque de ecoturismo e pesquisas construído após a sua captura, atraindo milhares de turistas — e divisas — para a região. O recordista anterior era um crocodilo de pouco mais de 5 metros capturado na Austrália.

Fonte: http://tecmundo.com.br/mega-curioso/26057-guinness-book-maior-crocodilo-do-mundo-e-capturado-nas-filipinas.htm




Mulher que possui gato tem maior chance de cometer suicídio


O maior estudo já feito de toxoplasmose e suicídio encontrou uma forte correlação entre este parasita e tentativas de suicídio: mulheres infectadas pelo parasita tem uma vez e meia mais chances de cometer suicídio.

Toxoplasma gondii


O T. gondii é um parasita que vive no intestino dos gatos. Como parte do ciclo de vida, seus oócitos são eliminados com as fezes, onde vão contaminar ratos e induzir comportamento suicida nos mesmos: o animal passa a não ter medo de gatos e a sentir atração pela urina dos seus inimigos.
Mas o parasita pode infectar o ser humano também. O contágio pode acontecer ao trocar a caixa de areia dos gatos, comer verduras não lavadas, beber água contaminada ou, o que é mais comum, comendo carne crua ou mal-passada infestada com cistos. Outra forma de contágio é usar uma faca para cortar carne contaminada e depois, sem lavar a faca, cortar as saladas ou outro alimento que não será cozido o suficiente para eliminar os cistos.

Mas a forma mais traiçoeira de contágio se dá entre mãe e filho, na gravidez. Por isto se pede às mães que evitem tocar na caixa de areia dos bichanos.

Cerca de 67% da população brasileira, e mais da metade da população mundial, está infectada pelo parasita, e não sabe.

No corpo da vítima, o parasita vai para os músculos e para o cérebro, onde, apesar de não causar nenhum sintoma que denuncie a infestação, parece estar associado a alterações de comportamento e esquizofrenia. Está explicado a fama das solitárias “loucas donas de milhões de gatos?”.

Suicídio e Toxoplasmose


O primeiro estudo que teve sucesso em apresentar uma ligação entre o parasita e o comportamento suicida foi feito pelo doutor Teodor Postolache, em 2009, e agora ele está colaborando com pesquisadores dinamarqueses e alemães, em um estudo com 45.000 mulheres na Dinamarca.

A pesquisa não explica como o parasita causa o comportamento suicida, ou se ele realmente o causa, mas há uma correlação muito forte entre a infecção com o T. gondii e o comportamento suicida, forte o suficiente para que novas pesquisas sejam feitas.

O suicídio é um problema sério de saúde pública: todo ano cerca de 10 milhões de pessoas tentam o suicídio, e cerca de 1 milhão consegue tirar a própria vida. Desvendar a relação entre a toxoplasmose e o comportamento suicida pode salvar muitas vidas.[Telegraph]

Fonte: http://hypescience.com/mulher-que-possui-gato-tem-maior-chance-de-cometer-suicidio/

Teste de HIV instantâneo e gratuito é lançado em farmácias


Imagine se, com um teste rápido, você pudesse saber se é portador do vírus HIV? Recentemente, a instituição CDC (sigla em inglês para Centros de Controle e Prevenção de Doenças) dos Estados Unidos lançou um teste de HIV que pode ser realizado em farmácias.

A coleta é simples (com uma pequena espátula, pega-se uma amostra de mucosa da boca) e o resultado preliminar sai em 20 minutos. Se for positivo, a pessoa é aconselhada a fazer um exame de sangue para confirmar e, se for o caso, buscar tratamento e aconselhamento.

Embora nem todo caso de HIV evolua, é importante que a pessoa saiba se é portadora ou não, para evitar complicações futuras. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, de 1980 a junho de 2011, o Brasil teve mais de 600 mil casos registrados de Aids (doença que ocorre quando o vírus se manifesta).
Em ocasiões especiais, organizações de saúde dos EUA já haviam enviado funcionários para oferecer em farmácias testes de HIV. Desta vez, contudo, a ideia é treinar funcionários dos próprios estabelecimentos para realizar o teste e, se possível, torná-lo um serviço permanente.

“Ao trazer testes de HIV para dentro das farmácias, nós acreditamos que será possível atingir mais pessoas, tornando o teste mais acessível e reduzindo o estigma associado ao HIV”, disse o médico Kevin Fenton, da CDC. O projeto deve durar pelo menos um ano.[Medical Xpress]

Fonte: http://hypescience.com/teste-de-hiv-gratuito-e-lancado-em-farmacias-dos-estados-unidos/

Carro voador passa em teste de voo



Lembra de Os Jetsons? O saudoso desenho animado fez milhares de crianças pensarem que, nos anos 2000, deixaríamos o solo para viajar em carros voadores. Bom, a ideia continua de pé (e está cada vez mais perto da realidade): recentemente, um modelo de carro voador passou na primeira fase (são seis) de um teste de voo nos Estados Unidos.

Anunciado há seis anos pela Terrafugia, empresa fundada por pilotos e engenheiros do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusets), o carro funciona tanto no ar como no chão – com um simples botão, as asas se retraem.

O teste foi conduzido no Aeroporto Internacional de Plattsburgh, em Nova York. “É um verdadeiro ‘avião’; ele voará quando quisermos e por quanto tempo quisermos”, disse o diretor executivo da Terrafugia Carl Dietrich, em pronunciamento oficial.

As primeiras vendas estão previstas para o final do ano e cada unidade deve sair por “apenas” 279.000 dólares (cerca de R$ 558 mil).[MSNBC]

         

Fonte: http://hypescience.com/carro-voador-passa-em-teste-de-voo/

A tela mais fina do mundo é feita de sabão



Como bons cientistas japoneses, pesquisadores da Universidade de Tóquio vão estabelecer, em agosto de 2012, mais um recorde mundial de tecnologia. Em tal mês, está previsto o lançamento do que promete ser a mais fina tela de computador já desenvolvida.

O princípio desta novidade, conforme explicam os pesquisadores, é simples como uma bolha de sabão. Observou-se que a superfície de uma bolha de sabão é uma membrana com duas características importantes: permite a passagem de luz através de si e revela a cor de sua própria estrutura (atributo que é chamado de Efeito Tyndall).

Baseados nestas propriedades, os japoneses criaram uma tela a partir de dois líquidos coloidais (que fazem, em números, a espessura da tela variar entre 1 nanômetro – 1,0×10−9m – e 1 micrômetro – 1 × 10-6m). Estes líquidos formam uma película resistente, mas ao mesmo tempo, maleável.

Flexível, controlável e tridimensional

Uma bolha de sabão, na natureza, é muito fácil de estourar, basta um leve sopro. O que os cientistas fizeram, no entanto, foi produzir uma bolha de sabão incrementada pelos líquidos coloidais, para conferir resistência.

A tela é estabilizada no ar por ondas de ultrassom. No futuro, instalada em um computador, acaba-se a preocupação do usuário em não riscar o monitor: você poderia passar o dedo através da tela sem causar nenhum dano.

Além disso, os cientistas nipônicos mostraram em vídeo uma série de imagens tridimensionais que podem ser exibidas com tal tecnologia. A tela é totalmente manipulável: pode-se controlar sua transparência através da frequência das ondas de ultrassom, conforme o efeito visual que se pretende atingir.

Para que uma imagem apareça nesta tela, é usado um projetor comum que poderia facilmente ser instalado em computadores do futuro.

Simples como trabalho de feira de ciências

Tamanha inventividade já foi reconhecida: a tela de bolha de sabão será apresentada em uma conferência internacional de tecnologia gráfica (Siggraph 2012), em Los Angeles, nos Estados Unidos. Na ocasião, será oficialmente apresentada ao público (apesar de já ter sido patenteada).
Se você não entendeu muito bem o que são os tais “líquidos coloidais”, não se assuste. Em médio prazo, a previsão é de que esta tela possa ser produzida a um custo realmente baixo.

Os ingredientes básicos parecem tirados de uma lista de materiais de uma aula de ciências da escola: sabão, açúcar, glicerina, surfactante (substância que diminui a superfície de contato entre dois líquidos), água e leite. Até o velho conselho “não tente fazer isso em casa” parece fora de propósito, porque a ideia é mesmo muito simples. [New Scientist/Siggraph2012/96 Ochiai]

        

Fonte: http://hypescience.com/a-tela-mais-fina-do-mundo-e-feita-de-sabao/

sábado, 30 de junho de 2012

Japonesa deixa filho morrer enquanto conversa na internet

Uma mãe japonesa deixou o filho, de 19 meses, morrer enquanto conversava num fórum na Internet. A polícia já prendeu a mulher e investiga o caso.

Yumiko Takahashi, 29 anos, deixou o filho, Neo de 19 meses, morrer enquanto conversava num fórum na Internet. A mulher esteve com o filho na tarde do dia 24 de junho quando este já se encontrava doente. Ainda assim, Yumiko ignorou os sinais de febre do bebé e deixou-o sozinho no quarto.

O autópsia realizada ao corpo da criança indica que morreu na madrugada do dia 26 de junho e que esteve quase um dia morto até a mãe se aperceber do sucedido. A polícia já fez saber que prendeu a mulher por suspeitas de negligência e que agora decorrem as "necessárias investigações".

Yumiko já tinha perdido dois filhos anteriormente: um pouco depois de nascer, por razões que não são conhecidas, e outro devido a uma queda da varanda do seu apartamento. "Procurava consolo na Internet há mais de três anos porque entrei em depressão depois de perder os meus dois filhos", justificou-se.

Este caso não é inédito. Em 2010, um casal sul-coreano também deixou o seu filho de três meses morrer porque estiveram mais de 12 horas seguidas a "cuidar" do filho virtual num jogo na internet.

Fonte: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/MundoInsolito/Interior.aspx?content_id=2639203

Vicios...


quarta-feira, 6 de junho de 2012

domingo, 25 de março de 2012

A vida, acredita, não é um sonho
Tão negro quanto os sábios dizem ser.
Frequentemente uma manhã cinzenta
Prenuncia uma tarde agradável e soalhenta.

Às vezes há nuvens sombrias
Mas é apenas em certos dias;
Se a chuvada faz as rosas florir
Ó porquê lamentar e não sorrir?

Rapidamente, alegremente
As soalhentas horas da vida vão passando
Agradecidamente, animadamente
Goza-as enquanto vão voando.

E quando por vezes a Morte aparece
E consigo o que de Melhor temos desaparece?
E quando a dor se aprofunda
E a esperança vencida se afunda?

Oh, mesmo então a esperança há-de renascer,
Inconquistável, sem nunca morrer.
Alegre com a sua asa dourada
Suficientemente forte para nos fazer sentir bem

Corajosamente, sem medo de nada
Enfrenta o dia do julgamento que vem.
Porque gloriosamente, vitoriosamente
Pode a coragem o desespero vencer.

sexta-feira, 23 de março de 2012

A vida é forte, muito mais
que a morte, ou quem dela relaxar.
A sorte é grande, ganhando ou perdendo,
nem sempre se pode ganhar.

O amor é infinito, mesmo para quem
nele não quer acreditar, não importa
o que você esteja passando
a vida sempre ficará, e lá estará

Flores, jardins, vida, tudo enfim
como quero te amar. O amanhã
já vem, e nele, meus olhos já estão

Se as portas não se abrirem para mim
para mim, a vida não tem fim
deixei de conhecer a solidão.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Dia Internacional da Mulher

Como um “robô guindaste balão” poderia revolucionar o transporte pelo mundo


Todo material dos EUA vendido ao exterior, ou todos os iPad enviados da China ao resto do mundo, são apenas algumas das 500 milhões de viagens a bordo de navios contêineres que atravessam os oceanos do mundo a cada ano.

Essas viagens terminam, obviamente, em portos de águas profundas, atracando e descarregando carga por todo o mundo.
Um empresário americano teve uma ideia que pode melhorar tal comércio. Sua visão inclui “robôs guindastes” que flutuam no céu sob balões gigantes. Nem precisa dizer nada – já parece uma ideia boa, não?

O sistema que o empresário idealizou poderia estender os 80 quilômetros do Canal do Panamá que liga os oceanos Atlântico e
Pacífico para ajudar a mover as cargas dos navios durante um engarrafamento no tráfego marítimo.

Também poderia permitir linhas de abastecimento rápidas para a marinha americana e fuzileiros navais no apoio a operações militares, ou esforços humanitários de ajuda durante desastres.

Mais importante, os robôs poderiam transformar totalmente a economia de transporte, transportando até 90% dos bens mundiais de comércio, transferindo containers de navios sem a necessidade de quaisquer portos de forma rápida.

O robô

O robô consiste de um corpo de elevação de carga, suspenso a partir de quatro cabos de carga que, por sua vez, se ligam a quatro cabos de ancoragem verticais. Esses cabos de ancoragem se unem com um enorme balão no topo para formar uma “pirâmide” – um design que permite que o robô guindaste se mova em qualquer lugar dentro desse espaço, encurtando e estendendo seus cabos de suspensão ou deslizando para cima e para baixo os cabos de ancoragem.


Foram os avanços tecnológicos atuais que permitiram que essa ideia fosse útil e viável. Usar controle semiautônomo robótico representa um passo “evolucionário” em aproveitar o poder de balões.

Os balões já provaram sua capacidade nos tempos mais recentes. Em 2002, um balão levantou um tanque militar de 55 toneladas no ar. Astrônomos canadenses também demonstraram a estabilidade de um sistema de balão e cabos, usado para prender o receptor de um telescópio no ar acima de um refletor com uma precisão de alinhamento de dois centímetros, mesmo durante rajadas de vento.

A ideia de Wiley gerou interesse entre os pesquisadores de robótica da Universidade de Harvard e da NASA. Porém, o inventor ainda tem que encontrar financiamento para seu projeto.

A escala de tamanho para uma demonstração pode custar US$ 30.000 (R$ 52,5 mil) para mostrar como ele poderia mover uma carga de 4,5 a 23 quilos em torno de uma área de cerca de 1,61 quilômetros quadrados.

Mas mesmo uma configuração completa exigiria apenas US$ 7 a 10 milhões (12 a 17 milhões de reais) para mover contêineres de navio para a terra (ou vice-versa), segundo as estimativas da Wiley.

E isso é menos que se gastou em outras operações. Por exemplo, militares americanos, quando enviaram navios e tropas para ajudar o Haiti depois do terremoto de 2010, gastaram US$ 20 milhões apenas para implantar um cais temporário por um período de cerca de um mês, para descarregar os suprimentos necessários.

Ele espera algum dia oferecer os seus serviços a “custo de capital zero” para países em desenvolvimento, e até mesmo compartilhar seus rendimentos com governos locais. “Custo de capital zero significa que eles receberão dinheiro imediatamente a partir do primeiro contêiner que eu mover”, disse Wiley.

E depois que muitas comunidades locais lucrassem com a ideia, criando ambientes de portos pelas cidades a fora, a ideia poderia explodir pelo mundo em desenvolvimento.[LiveScience]

Fonte: http://hypescience.com/como-um-robo-guindaste-balao-poderia-revolucionar-o-transporte-pelo-mundo/

Game controlado pelos olhos é criado por pesquisadores

Pesquisadores da Universidade De Montford, em Leicester (Inglaterra) estão se esforçando para proporcionar uma alegria sem tamanho a crianças com deficiência física: um jogo de computador controlado apenas por movimentos dos olhos. O objetivo é criar um sistema simples, de custo baixo e de fácil operação para jovens que não podem manusear um mouse e um teclado.

A partir de um raio infravermelho, o jogo será capaz de identificar em que direção o usuário está olhando. Exclusivamente com o olhar, o jogador poderá mover um cursor e “apertar” botões. Este dispositivo, no entanto, não serve apenas para jogos: os pesquisadores esperam que ele possa servir de base para criar ferramentas educacionais às crianças com necessidades especiais.

Os cientistas explicam ter tomado como base o desenvolvimento das tecnologias touchscreen. E afirmam que será possível, em um futuro não muito distante, aumentar o realismo e a interatividade entre usuário e máquina com este “touchscreen ocular”. O desafio, conforme contam os pesquisadores, é produzir esta tecnologia a custos acessíveis para a população. [BBC]

Fonte: http://hypescience.com/game-controlado-pelos-olhos-e-criado-por-pesquisadores/

quarta-feira, 7 de março de 2012

Açores - Mãe teve gémeos nascidos em ilhas diferentes

Uma mulher teve dois gémeos nos Açores na terça-feira, num parto que poderia ter sido igual a muitos outros ocorridos no arquipélago se não tivesse a particularidade de os dois irmãos terem nascido em ilhas diferentes.

A Força Aérea Portuguesa foi chamada para transportar a grávida da ilha de S. Jorge para Angra do Heroísmo, na Terceira, onde os dois gémeos teriam melhores condições para nascer, mas um deles antecipou-se à chegada do helicóptero.

O EH101 Merlin descolou da Base das Lajes às 08h07, mas quando chegou a S. Jorge, cerca das 08h35, o primeiro gémeo já tinha nascido.

A criança e a mãe, ainda grávida do outro filho, foram transportadas para Angra do Heroísmo, onde chegaram cerca das 09h40, acabando o segundo filho por nascer no Hospital do Santo Espírito, nesta cidade da Terceira.

Os irmãos gémeos acabaram, por isso, por nascer em ilhas diferentes, apesar de separados por menos de duas horas.

A operação de transporte de S. Jorge para a Terceira foi acompanhada por uma equipa do Hospital de Angra do Heroísmo, que prestou a assistência necessária à grávida e ao primeiro gémeo.

Fonte: http://www.publico.pt/Sociedade/mae-teve-gemeos-nascidos-em-ilhas-diferentes-1536718

Ondas deformadas podem aumentar a capacidade das comunicações

Uma fantástica demonstração de como aumentar a capacidade de carregar informações através de ondas de rádio aconteceu em Veneza, na Itália.

A técnica explora o que se chama de “momento orbital angular” das ondas, inserindo uma deformação na onda. Ao variar as deformações, é possível colocar muita informação em uma frequência que até hoje só levava uma.

O método pode ser usado em rádios, wi-fi e televisão. As partes do espectro eletromagnético que são usadas para os três estão praticamente no mesmo caminho, com uma parcela das frequências alocadas para cada canal. Cada um contém certa capacidade de carregar informação: sua banda.

Como as telecomunicações vêm proliferando nos últimos anos, o espectro se tornou incrivelmente lotado, com pouco espaço para novos sinais de transmissão, ou para meios existentes expandirem suas bandas.

Mas Bo Thide, do Instituto Sueco de Física Espacial, e uma equipe de colegas italianos esperam mudar isso ao modificar o mecanismo físico, aumentando a capacidade da banda.

Conexão com Galileu

A chave do processo está na distinção entre o momento orbital e a rotação das ondas eletromagnéticas.

Uma analogia perfeita é o sistema Terra-Sol. A Terra gira em seu eixo, manifestando um momento de rotação angular; ao mesmo tempo orbita o sol, manifestando um momento orbital angular.

As partículas de luz, conhecidas como prótons, podem fazes os dois; o momento de rotação angular dos fótons é mais conhecido pela ideia de polarização, que alguns óculos de sol e 3D exploram.

Assim como os “sinais” para o olho esquerdo e direito, nos óculos 3D, podem ser colocados na luz com duas diferentes polarizações, sinais extras podem ser administrados com diferentes quantidades de momentos orbitais angulares.

Thide e seus colegas estiveram pensando nessa ideia por muitos anos. Eles publicaram um artigo mostrando que buracos negros em rotação podem produzir esse tipo de luz “deformada”.

Em Veneza, eles realizaram um teste enviando um sinal da ilha São Giorgio até o Palácio Ducale, na Praça de São Marcos. A distância era de 442 metros.

“É exatamente o mesmo local onde Galileu demonstrou pela primeira vez o seu telescópio para as autoridades, há 400 anos”, afirma Thide. “Eles não ficaram nem um pouco convencidos; podiam ver as luas de Júpiter, mas disseram que elas deveriam estar dentro do telescópio, pois não era possível algo assim”.

No caso mais simples, colocar uma deformação nas ondas é tão fácil quanto fazer uma torção na antena que envia o sinal. A equipe dividiu um lado de uma antena do tipo satélite, e separou as duas pontas resultantes.

Dessa forma, pontos diferentes ao redor da circunferência da antena têm quantidades diferentes de sinal em relação aos outros pontos – se você pudesse congelar e analisar o sinal, ele pareceria com um saca-rolhas.

A equipe já está discutindo com indústrias para criar um sistema capaz de transmitir muito mais do que duas bandas diferentes. Os resultados podem mudar dramaticamente a quantidade e velocidade da informação, em rádios, televisões, assim como wi-fi e talvez até celulares. [BBC]

Fonte: http://hypescience.com/ondas-deformadas-podem-aumentar-a-capacidade-das-comunicacoes/

Futuro: chip da HP movido a laser revolucionaria computação


Até 2017, a HP espera construir um chip de computador que inclui 256 microprocessadores amarrados com feixes de luz.

Com o codinome Corona, o dispositivo movido a laser lidaria com dez trilhões de operações de pontos flutuantes por segundo (FLOPS, que é uma unidade de medida que serve para mensurar a capacidade de processamento de um computador). Em outras palavras, se você colocar apenas cinco deles juntos, você se aproxima da velocidade dos supercomputadores atuais.

O chip de 256 núcleos iria se comunicar em surpreendentes 20 terabytes por segundo, com memória de 10 terabytes por segundo. Isso significa que o chip executaria aplicações de memórias intensivas cerca de duas a seis vezes mais rápido que um chip equivalente feito com fios elétricos.

O Corona também precisa de muito menos energia, ou seja, poderia lidar com 10 a 18 quintilhões de operações de pontos flutuantes por segundo. Isso é 100 vezes mais rápido que o supercomputador mais rápido de hoje.

Fotônica integrada

O chip ótico usa uma tecnologia conhecida como “fotônica integrada”. Redes de telecomunicações e computadores de alta velocidade já usam a luz para enviar informação mais rápida e eficiente.

O Corona é apenas um dos vários esforços para construir chips super rápidos que podem estourar a barreira exascale, incluindo Runnemede da Intel, Angstrom do MIT, Echelon da NVIDIA, e projetos X-Calibur da Sandia. Todos procuram usar fotônica integrada, de alguma forma, mas a tecnologia é o cerne da questão para o Corona HP 256-core.

O problema é que um pouco da tecnologia necessária para construir o Corona não existe. Mas isso está mudando. Recentemente, investigadores e fabricantes de chips encolheram dispositivos ópticos de comunicações de modo que eles podem ser colocados em chips.

Há dois obstáculos que impedem a continuação da intensificação do desempenho de chips no ritmo atual: quanto mais núcleos de processadores enfiarmos em cada chip, mais desafiador é coordená-los. E, como sistemas de computadores ficam maiores, a movimentação de dados dentro e fora de memória torna-se um dreno de energia enorme.

A fotônica integrada pode ajudar com ambos os problemas, proporcionando alta velocidade de baixa potência a comunicações.

A tecnologia também pode desempenhar um papel central na promoção da largura de banda e redução do consumo de energia da internet, principalmente para suporte a serviços de vídeo.

Interferência eletromagnética também é uma preocupação crescente para dispositivos móveis e eletrônicos de automóveis. Todas essas tecnologias eventualmente vão exigir fotônica integrada.

O que falta

A peça que falta do quebra-cabeça é uma forma de gerar luz: o laser. Lasers semicondutores são amplamente utilizados em equipamentos de telecomunicações, impressoras e aparelhos de DVD. Estes lasers são similares aos chips de computador e são pequenos, mas nem de longe o suficiente para serem usados como fontes de luz para circuitos ópticos construídos em chips de computador. Para isso, você precisa fazer lasers microscópicos.

Não é possível fazer um laser de silício, por isso os pesquisadores tentam fazer lasers de outros materiais semicondutores, que são mais ou menos compatíveis com o padrão de chip. Estes são geralmente de fosforeto de índio ou arseneto de gálio. Esta é a abordagem que a Intel, HP e Universidade da Califórnia em Santa Barbara estão tomando.

Já o Instituto de Tecnologia de Massachusetts recentemente surgiu com uma nova abordagem: germânio. O material produz um laser que emite luz no comprimento de onda utilizado por redes de comunicações, que opera em até 120 graus Celsius e pode ser prontamente cultivado em silício.

Especialistas apontam que essa tecnologia se provar eficiente, o chip pode ser realidade até antes de 2017.[Gizmodo]

Fonte: http://hypescience.com/futuro-chip-da-hp-movido-a-laser-revolucionaria-computacao/

Veja o que um raio pode fazer à sua pele

Olhando para este braço, você pode dizer: “nossa, que tatuagem bacana, parece um grande ramalhete de uma destas árvores coníferas, ou algo do tipo”. Este desenho, no entanto, não foi obra de nenhum tatuador: este homem de 24 anos foi atingido pela descarga elétrica de um raio.

Este fenômeno tem um nome: Figura de Lichtenberg. Esse é o nome do cientista alemão que observou a situação pela primeira vez, no século XVIII, e descreveu as figuras “impressas” por eletricidade nas superfícies. No corpo humano, geralmente se formam nas costas, pernas e braços.

No caso do atingido da vez, Winston Kemp, a história é irônica. Ele é eletricista, correndo risco de levar descargas todos os dias, mas não foi seu ofício que ocasionou a marca. Durante uma tempestade, ele saiu de casa para tentar salvar as abóboras no seu quintal, e a mãe natureza o presenteou com essa marca.

Kemp conta que não sentiu dor nem um desconforto muito grande. Reparou que havia sido atingido por uma descarga elétrica, pois a sentiu justamente no braço, mas as marcas só apareceram cerca de uma hora depois do incidente.

Apesar de assustador, este fenômeno é relativamente inofensivo. Estas marcas nada mais são do que uma impressão deixada pela eletricidade em contato com as veias, mas o choque não causa danos significativos a elas. Mas também não deixa de causar um ferimento externo: Kemp relatou que ainda sentia dores nos braços depois de um mês.

Os médicos explicam que é bom visitar um pronto socorro após ganhar uma dessas raras tatuagens, apenas por precaução contra infecções. É uma boa ideia principalmente se a vítima em questão estiver usando um cinto ou outro objeto metálico, que podem potencializar o efeito do choque.

Se você achar que não precisa ir a um hospital, os doutores aconselham pelo menos uma pomada antibiótica ou vaselina, para facilitar a cicatrização. Dessa forma, a “tatuagem” realmente vai ser apenas um desenho bonito (e sim, temporário) na pele. [MSN]

Fonte: http://hypescience.com/veja-o-que-um-raio-pode-fazer-a-sua-pele/

Corações artificiais dão vida a humanos, mas sem batimento cardíaco

Três pessoas estão a viver sem qualquer pulsação graças a um novo tipo de coração artificial baseado em turbinas.

Os médicos e investigadores norte-americanos Bud Frazier e Billy Cohn desenvolveram e aplicaram um novo tipo de coração artificial que pode substituir por completo o coração humano. De acordo com o artigo da Popular Science, o novo coração artificial é capaz de providenciar um fluxo contínuo de sangue através do corpo sem criar pulsação.

Ou seja, segundo os métodos tradicionais, os doentes até podem ser declarados mortos, apesar de estarem vivos. Este feito é conseguido através da aplicação de turbinas que rodam a 10.000 rpm, um sistema muito diferente das bombas utilizadas em corações artificiais anteriores.

Fonte: http://aeiou.exameinformatica.pt/noticias/ciencia/2012/03/06/coracoes-artificiais-dao-vida-a-humanos-mas-sem-batimento-cardiaco

terça-feira, 6 de março de 2012

Reacção dos ruivos à dor é diferente das outras pessoas

Diferenças genéticas são suficientes para alterar a forma como ruivos sentem em vários aspectos.

Você conhece alguma pessoa ruiva que é extremamente friorenta? Um estudo indica que isso não é apenas um caso de “frescura”, e sim culpa dos próprios genes dela. A pesquisa, divulgada no site ScienceNordic, revelou, até o momento, que elas têm as seguintes diferenças, em comparação a uma pessoa “normal”:

Maior sensitividade ao frio;
Menor resposta a anestésicos subcutâneos;
Sofrem mais com dores de dente e, logo, tem mais medo de dentistas;
Têm maior risco de desenvolver esclerose e endometriose.

Mas talvez a característica que mais se destaca está na hora de resistir à sensação de dor. Neste ponto, ruivos aguentam níveis muito acima das outras pessoas, segundo Lars Arendt-Nielsen, professor do Centro de Interação Senso-Motor da Universidade de Aalborg.

Para testar isso, os pesquisadores injetaram uma quantidade de capsaicina, substância causadora de dor encontrada nas pimentas, na pele de candidatos. Os resultados mostraram que os ruivos reagiram menos a pressões ou picadas na área, indicando que eles têm uma proteção natural um pouco melhor que o normal.

De acordo com Arendt-Nielsen, a resposta está no gene receptor MC1R, além dos subgrupos MC2R, MC3R e MC4R, que estão diretamente ligados às funções centrais do cérebro e têm ligação com os ruivos. “Essa pode ser a chave para explicar porque os ruivos são um pouco diferentes das outras pessoas”, disse ele.

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/mega-curioso/20253-reacao-a-dor-dos-ruivos-e-diferente-das-outras-pessoas.htm

Portugueses criam rede social "Bling" para partilha de compras e desejos


Criada por portugueses, a Bling é uma "rede social para pessoas que compram coisas", explica Fred Oliveira, um dos mentores do projeto a funcionar desde 29 de novembro de 2011 e já com "milhares" de utilizadores internacionais.

"O Bling é o twitter para as coisas que eu compro", explicou o criador da plataforma citado pela Agência Lusa, disponível em http://bling.io/, que nasceu "de uma ideia" para um site onde as pessoas pudessem "descobrir promoções e bons negócios na sua vizinhança".

A ideia evoluiu, até porque o "mercado acabou por ficar saturado" com plataformas desse tipo, e a dupla Fred Oliveira e Pedro Freitas percebeu o interesse geral pela partilha em redes sociais já existentes de artigos comprados e desejados.

"Eu compro imensos livros e há imensa gente que gosta de saber o que eu leio. A ideia começou a tender para aí, para as pessoas partilharem as coisas que compram", contou Fred.

Na plataforma, que tem ligação ao Facebook e ao Twitter, é possível encontrar de tudo um pouco, desde o champô de chocolate acabado de comprar até à viagem pelo Expresso Oriente desejada, qual lista de prendas e desejos.

E se para já apenas os compradores, ou possíveis compradores, partilham as suas vontades e interesses, no futuro a vontade é "fazer com que as lojas possam comunicar ou estar mais próximas dos clientes".

"A ideia do Bling no futuro é então começar a fazer coisas com os dados e marcas. Podemos fazer coisas como dizer à Nike que tipo de modelos são mais comprados pelas pessoas em Coimbra", salientou o criador que destacou ainda o objetivo de "falar com as marcas para elas próprias arranjarem maneiras de fazer chegar os produtos mais baratos aos consumidores".

Como rede social que é, quem publica uma imagem de um artigo logo vai procurar artigos de utilizadores vizinhos que lhe possam interessar, criando-se assim uma rede de fotografias divididas por temas como livros, férias, automóveis, entretenimento, comida musica e até animais de estimação.

Ainda assim, o foco está, neste momento, na moda, nas passerelles, nas fashionistas e suas listas, nos Louboutin e nas Melissas, "mas no início era ligeiramente diferente".

"O que acho é que o nosso público tendeu muito rapidamente para essa área e isso faz com que o nosso crescimento seja rápido nesse mundo mas lento nos outros", referiu.

Para já o projeto de Fred e Pedro ainda não conta com protocolos ou apoios de marcas, mas na mesa está a ser cozinhada a participação de um fundo de investimento.

Fonte: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=2342768&page=-1

Britânico cria sistema para alimentar seu cão à distância via Twitter

Mensagem pela rede social ativa mecanismo que libera comida para Toby.
Cãozinho no início não entendeu, mas depois curtiu a novidade.

Um consultor de tecnologia de informação inventou um sistema eletrônico, ativado pelo Twitter, para alimentar seu border terrier Toby, segundo a imprensa britânica.

Nat Norris, de 30 anos, disse que o objetivo é liberar a ração de Toby mesmo quando ele está longe de sua casa em Milford Haven, em Gales.

Para isso, basta mandar uma mensagem para @FeedToby.

Norris disse que Toby no início não entendeu o que estava acontecendo, mas depois gostou da novidade.

Agora ele espera ansiosamente a engenhoca ser ativada.

Norris até acoplou uma webcam ao sistema, para ver se Toby está comendo direitinho.

Qualquer um pode mandar comida para Toby, mas o inventor limitou o sistema para que ele só libere ração nove vezes durante a manhã e nove à tarde, com um intervalo mínimo de 15 minutos.

Quando um tweet é mandado, é recebido por um computador pessoal, que manda um alerta para Toby.

O motor de uma impressora é acionado e abre uma portinha, mandando, por um tubo, uma porção até o prato de Toby.

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2012/03/britanico-cria-sistema-para-alimentar-seu-cao-distancia-twitter.html

Como demônios realmente matam pessoas

Um macabro caso de assassinato movimentou a imprensa britânica em Londres, há pouco mais de um ano. Na noite de Natal de 2010, um menino de 15 anos, chamado Kristy Bamu, morreu afogado em uma banheira. Os acusados eram duas pessoas, Eric Bikubi (28 anos) e Magalie Bamu (29), de quem o garoto morto era irmão.

No julgamento, a história que o juiz ouviu é que Kristy “pediu para morrer” depois de não resistir a três dias de uma tortura regada a facas, paus, barras de ferro, um martelo e um formão. O motivo da tortura seria um exorcismo: Kristy Bamu era supostamente um praticante de bruxaria e estaria tomado pelo demônio.

Tanto a vítima quanto os acusados eram descendentes de origem africana, da República Democrática do Congo. Este país, conforme afirmam estudos étnicos atuais, é uma das nações na qual a crença em entidades demoníacas é altamente difundida.

Já houve outros casos de mortes em rituais de exorcismo em um passado recente. Em 2003, nos Estados Unidos, um menino autista de 8 anos foi sufocado até a morte com folhas de caderno em um culto destinado a espantar maus espíritos.

Caso ainda mais impressionante aconteceu na Romênia, em 2005, quando uma mulher de 23 anos alegou estar ouvindo vozes do demônio dizendo a ela que era uma pecadora. Com a ajuda de quatro freiras, um padre a manteve presa a uma cruz por três dias sem comida e água, a boca amordaçada com uma toalha. Ela faleceu por asfixia e desidratação.

O primeiro posicionamento oficial do Vaticano a respeito de exorcismo foi publicado em 1614 e revisado apenas em 1999. Atualmente, a Igreja admite que apenas uma pequena porcentagem das supostas possessões demoníacas são consideradas “autênticas”.

Como oferecem cursos de purificação, proíbem que rituais desta espécie sejam feitos por qualquer pessoa. De qualquer maneira, estes exemplos recentes mostram que a prática do exorcismo não é algo que ficou esquecida na Idade Média. [LiveScience]

Fonte: http://hypescience.com/como-demonios-realmente-matam-pessoas/

Britânica come quatro mil esponjas de lavar louça

Kerry Trebilcock, uma jovem britânica de 21 anos, diz ser obcecada por comer esponjas de lavar louça. Ao todo, a rapariga afirma já ter comido aproximadamente quatro mil esponjas, segundo uma reportagem do jornal ‘The Sun’.

A jovem, que também já mastigou mais de 100 barras de sabão, sofre de um tipo de distúrbio alimentar no qual a pessoa tem um apetite compulsivo por objectos não-comestíveis. Segundo especialistas, este comportamento afecta principalmente crianças e mulheres grávidas.

Sem pudor em revelar os seus hábitos alimentares invulgares, Kerry referiu ainda que gosta de apimentar as suas ‘refeições' com molho picante ou mostarda. Por vezes, a jovem também molha as esponjas em chá ou chocolate quente, como se fossem bolachas.

segunda-feira, 5 de março de 2012

Audi R18 e-tron quattro: carro de tirar o fôlego

Novo protótipo da Audi conta com sistema híbrido inédito e estreia em junho, durante as 24 horas de Les Mans.

  

Quando falamos de carros híbridos, normalmente pensamos em automóveis que usam a energia elétrica para andar em baixa velocidade e que, ao precisar de mais recursos, acaba fazendo uso do motor de combustão. No caso do protótipo lançado pela Audi, o R18 e-tron quatro, o significado muda um pouco: as rodas dianteiras são ativadas pelo motor elétrico, enquanto as de trás são acionadas por um motor a diesel capaz de gerar 510 cavalos de potência máxima. Como se não bastasse, o motor elétrico é alimentado pela energia cinética gerada pelas frenagens.

Além disso, o e-tron quatro tem um “parente” chamado de R18 Ultra, que tenta compensar o peso extra adquirido pelo uso do sistema híbrido ao empregar materiais extremamente leves, como a fibra de carbono, em sua construção, incluindo a caixa de câmbio. Ambos os carros estreiarão na Les Mans, a tradicional corrida com 24 horas de duração e que, neste ano, acontece nos dias 16 e 17 de junho.

No vídeo acima, é possível ver o carro em movimento e ouvir o ronco do motor. Mas para observar os detalhes dos novos híbridos da Audi, confira as imagens na galeria abaixo.

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/carro/20230-audi-r18-e-tron-quattro-carro-de-tirar-o-folego.htm




No Facebook há cabeças esmagadas, mas os mamilos são escondidos

Feridas profundas no corpo? “Like”. Cabeças e membros esmagados? “Like”. Imagens de mulheres a amamentar os filhos com os mamilos à mostra? “Nem pensar”. Se tivéssemos de resumir os critérios de publicação de conteúdos definidos pelo Facebook, seria mais ou menos isto: a violência explícita é tolerada, mas o sexo “it’s complicated”.

Antes de mais, a primeira surpresa: não, o Facebook não tem um departamento situado num escritório luxuoso, onde um grupo de pessoas altamente qualificadas e bem pagas se dedicam a seleccionar o que os utilizadores podem ou não publicar nos seus perfis. Quem o diz é Amine Derkaoui, um jovem marroquino de 21 anos, que contou a história ao site norte-americano Gawker, uma espécie de blogue dedicado a notícias sobre media e celebridades.

Esta é a primeira vez que são revelados os critérios em que os profissionais subcontratados pelo Facebook se baseiam para filtrar os comentários e fotografias dos utilizadores.

“É humilhante. Estão a explorar o Terceiro Mundo”, queixa-se Derkaoui, que diz ter passado uma semana a receber formação numa empresa de “outsourcing” para editar o conteúdo publicado no Facebook. Para aprender a desempenhar esta função numa rede social com mais de 800 milhões de utilizadores, Amine Derkaoui recebeu um dólar por hora (75 cêntimos de euro). A formação foi dada pela empresa oDesk, com sede na Califórnia, que presta serviços de moderação de conteúdos para gigantes como o Facebook e o Google. A sede da empresa é nos Estados Unidos, mas os candidatos a gestores de comentários e fotografias que milhões de pessoas em todo o mundo partilham na Internet não precisam de sair das suas casas, onde quer que elas se situem. No caso do Facebook, escreve o site Gawker, situam-se em países como Marrocos, Turquia, Filipinas, México e Índia e rendem a jovens como Derkaoui um dólar por hora, em turnos de quatro horas de trabalho, mais comissões. Na melhor das hipóteses, um máximo de quatro dólares por hora.

Pouco se sabia sobre todo o processo de gestão do conteúdo partilhado no Facebook, mas as declarações de Amine Derkaoui levaram a empresa de Mark Zuckerberg a emitir um comunicado sobre o assunto: “Num esforço para filtrar com rapidez e eficiência os milhões de denúncias que recebemos todos os dias, achámos necessário contratar empresas externas para classificarem uma pequena percentagem dessas denúncias. Estas empresas são submetidas a rigorosos controlos de qualidade e foi implementado um conjunto de salvaguardas para proteger os dados dos utilizadores do nosso serviço”.

O facto é que a formação de Amine Zerkaoui não acabou da melhor forma para o Facebook. O jovem marroquino trabalha agora como gestor de conteúdos na empresa Zenoradio, com sede em Nova Iorque, e trouxe consigo o até agora secreto documento em que a rede social define o que deve ou não ser autorizado nos perfis dos seus utilizadores.

De todos os gestores de conteúdo partilhado no Facebook formados pela empresa oDesk com que o site Gawker falou, apenas Zerkaoui se queixou do baixo salário, mas muitos outros dizem que a experiência é como “trabalhar num esgoto, em que é preciso limpar toda a porcaria do mundo”.

Enquanto que alguns dos moderadores de comentários e fotografias partilhados no Facebook convivem mal com o seu trabalho, outros acabam simplesmente por desistir. Um deles não ficou no posto mais do que três semanas: “Pedofilia, necrofilia, decapitações, suicídios. Despedi-me porque dou valor à minha sanidade mental”, cita o Gawker. Mas não terá sido por falta de aviso prévio. “Eles disseram antes de me terem contratado que este trabalho não é para pessoas facilmente impressionáveis. Em último caso, acho que a culpa é minha por não ter compreendido que iria ser assim tão perturbador”. Há também muitos exemplos de racismo: “O KKK (Ku Klux Klan) aparece por todos os lados”.

A principal questão parece ser a arbitrariedade na decisão do que deve ou não ser partilhado no Facebook, que resulta de uma selecção feita por jovens recrutados em países pobres, com salários de um dólar por hora. Para tentar limitar essa arbitrariedade, o Facebook definiu um conjunto de regras, as tais que foram agora reveladas por Amine Zerkaoui.

Fonte: http://www.publico.pt/Tecnologia/no-facebook-ha-cabecas-esmagadas-mas-os-mamilos-sao-escondidos-1536127

domingo, 4 de março de 2012

Mau hálito pode ser benéfico

Pesquisadores japoneses estão provando que há um uso para cada pequena coisa neste mundo, mesmo que desagradável.

Cientistas descobriram que halitose – ou seja, o mau hálito – é uma incubadora ideal para cultivar células hepáticas do fígado.

As células-tronco da polpa dental humana se tornaram células do fígado a um ritmo surpreendente quando incubadas com o sulfeto de hidrogênio, o composto químico responsável pelo mau hálito.

A descoberta pode ter amplos impactos sobre doenças como Alzheimer e Parkinson.

Terapias com células-tronco tratam tecido danificado através da introdução de novas células, mas às vezes pode ser difícil criar novas células de forma segura e eficaz.

Os pesquisadores acreditam que o uso de células-tronco da polpa dentária pode eventualmente substituir os métodos existentes de produção de células-tronco, dois dos quais utilizam a medula óssea humana e soro fetal bovino como fonte de material.

Observar a capacidade de resistência dos dentes atormentados por cavidades fez os cientistas pensarem se não havia mais células-tronco na polpa dentária do que se pensava. Apesar de algum ceticismo por parte dos colegas, eles relatam que 60 a 80% de células pulpares são células-tronco.

Após esta descoberta, os pesquisadores testaram o impacto da halitose sobre o desenvolvimento das células estaminais em células hepáticas.

Depois de células estaminais serem colhidas a partir do centro de dentes humanos (não se preocupe – extrações de dentes eram parte de tratamentos dentários normais), as amostras foram divididas em grupos teste e de controle.
Usando uma bateria de testes, os cientistas foram capazes de mostrar que uma percentagem muito elevada das células estaminais incubadas num ambiente com sulfureto de hidrogênio tornaram-se células hepáticas com sucesso.

O teste final mostrou pureza elevada – poucas células se diferenciaram em diferentes tipos ou permaneceram como células estaminais. Células-tronco puras reduzem bastante a chance de teratomas ou câncer no paciente em relação às células-tronco originárias da medula óssea, tornando esta uma área promissora para pesquisas futuras.

Conclusão: mesmo o mau hálito pode ter um uso terapêutico. [MSN]

Fonte: http://hypescience.com/mau-halito-pode-ser-uma-coisa-boa/

Esta arma maluca cala a boca de qualquer pessoa


Atualmente, não há solução melhor do que um pouco de atrevimento para interromper uma pessoa que insiste em não parar de falar. Estes dias, no entanto, ficaram no passado. Dois cientistas japoneses desenvolveram uma máquina que faz seu interlocutor ficar em silêncio em pouquíssimo tempo. E o princípio do aparelho é incrivelmente simples.

Psicólogos já verificaram que é quase impossível falar quando sua voz é repetida para você mesmo com um atraso de uma fração de segundos. É por isso que tanta gente se atrapalha ao falar em um celular que dá “eco” da própria voz.

Pensando nisso, pesquisadores de institutos científicos em Tskuba e Tóquio, no Japão, criaram uma máquina que simplesmente leva ao tagarela o som de suas próprias palavras com 0,2 segundos de atraso.

Os testes mostraram que a máquina é mais eficaz quando a pessoa está lendo algo em voz alta do que em um monólogo espontâneo.

A montagem do aparelho foi simples. Bastou acoplar um microfone a um gravador, mas com uma vantagem: a “arma silenciadora” é direcional, você pode apontá-lo para quem quiser como se fosse um revólver. Não causa nenhum dano ao corpo da “vítima”, apenas a faz ficar muito desconfortável para seguir falando.

Os cientistas garantem que não se trata de uma brincadeira. O equipamento, segundo eles, pode ser usado para manter o silêncio em bibliotecas públicas e outros lugares onde as pessoas desrespeitam a necessidade de não haver barulho. Apesar disso, não existe por enquanto nenhum plano para transformar a máquina em um produto comercial. [Technology Review, Arxiv]

Fonte: http://hypescience.com/esta-arma-maluca-cala-a-boca-de-qualquer-pessoa/

sábado, 3 de março de 2012

As dez cidades mais arriscadas para navegar na Net

A cidade de Manchester, no Reino Unido, é a mais arriscada para navegar na Net, revela um estudo. Amesterdão e Estocolmo completam o "pódio" das cidades mais perigosas para os internautas.

Segundo um estudo das empresas Sperling's BestPlaces e Norton, a cidade de Manchester, no Reino Unido, é a mais perigosa para quem navega na Internet. Seguem-se Amesterdão, na Holanda, e Estocolmo, na Suécia. O "top 10" ainda conta com Paris, em quarto lugar, seguida de Londres, Dublin, Milão, Roma, Barcelona e Berlim.

Esta análise tem por base dados sobre o cibercrime, fornecidos pela Symantec, uma fabricante de software de segurança, e informações sobre o estilo de vida dos consumidores na Internet. "Na nossa avaliação, consideramos um número de fatores que pode, potencialmente, afetar a segurança online", garante Bert Sperling, fundador da Spertling's BestPlaces. Entre os dados, a empresa determinou o ranking examinando o comportamento de diversos consumidores, dando ênfase ao número de PC's e smartphones utilizados per capita, bem como ao acesso a redes sociais e a utilização de hotspots de Wi-fi potencialmente inseguros.

A cidade de Manchester lidera, revela o estudo, em parte por causa do elevado número de tentativas de infecção por malware ou via "hotspots" de Wi-fi. A população desta cidade também acede muito a redes sociais e possui muitos computadores com acesso à Internet, o que não ajuda na classificação.

"Com a explosão do uso de smartphones, tablets e portátis que tem acontecido recentemente, a juntar ao aumento de aplicações e do uso de redes sociais, as nossas vidas online e offline estão a conjugar-se de uma forma como nunca experienciamos antes", diz, por sua vez, Marian Merritt, da Norton, que deixa algumas dicas de segurança: tenha cuidado ao utilizar hotspots de Wi-fi e não compre nada durante as suas navegações em rede wireless que não conhece, nem aceda ao seu banco. Utilize, igualmente, passwords complexas e únicas para cada website, tentando trocá-las sempre que possível, para não permanecerem iguais durante muito tempo.

Fonte: http://www.jn.pt/blogs/nosnarede/archive/2012/03/02/conhe-231-a-as-dez-cidades-mais-arriscadas-para-navegar-na-net.aspx

Camisinha “twitta” quando se faz amor

Uma nova iniciativa combina sexo e mídias sociais para encorajar as pessoas a usar proteção enquanto estão “se divertindo”.

Na semana passada, que foi a Semana Nacional da Camisinha nos EUA, foram distribuídas 55 mil camisinhas com códigos de reposta-rápida nas universidades do estado de Washington. A ideia é que os usuários possam usar esses códigos com um smartphone após usar a camisinha, dando um “check in” no mapa do sexo seguro.

O site www.wheredidyouwearit.com é totalmente anônimo, apesar dos usuários poderem dar detalhes vagos sobre o encontro e como ele foi, desde “as coisas podem melhorar” até “foi fantástico”.

A Planned Parethood, organizadora da inciativa, afirma que o objeto é encorar o orgulho de se proteger de uma gravidez indesejada e de doenças sexualmente transmissíveis.

“Nós esperamos que o site promova discussões sobre os relacionamentos e sobre camisinhas, para ajudar a remover estigmas que algumas pessoas têm sobre o uso delas”, afirma Nathan Engebretson, coordenador de novas mídias. “O Where Did You Wear It (Onde Você Usou Isso) espera criar um pouco de diversão sobre a tomada de decisões responsáveis”.

Pesquisas recentes sugerem que o uso de camisinha entre os adolescentes está crescendo, apesar de outros estudos globais apontarem muitos erros no uso, que podem diminuir a eficiência do método.

A iniciativa Planned Parenthood foca no encorajamento do sexo seguro entre os estudantes. Um estudo recente entre as mulheres universitárias mostrou que elas usam camisinha no começo da universidade, mas o uso cai conforme o tempo passa. [LiveScience, Foto]

Fonte: http://hypescience.com/camisinha-twitta-quando-voce-faz-sexo/

quinta-feira, 1 de março de 2012

Esquadrão de robôs voadores arrasa ao tocar o tema de James Bond

Vídeo mostra máquinas controladas por computador tocando diversos instrumentos musicais.

  

Assista ao vídeo acima e diga se não é o máximo!

Os robôs que você acabou de ver foram desenvolvidos por um grupo de engenheiros da Universidade da Pensilvânia. Eles fazem parte de um projeto de criação de máquinas mais velozes, flexíveis e inteligentes que, imitando o comportamento de grupos de insetos, peixes e aves, poderão ser usadas em levantamentos ambientais ou de estruturas construídas, por exemplo.

Os robozinhos do vídeo são completamente autônomos, sendo controlados através de um computador programado com instruções para que eles toquem os instrumentos. O maior desafio dos engenheiros foi conseguir que cada unidade — que recebeu uma trajetória específica que deveria ser percorrida em um determinado intervalo de tempo — não interrompesse a trajetória das demais unidades nem se chocasse com elas.

Se os robôs realmente serão empregados para as atividades às quais estão sendo projetados, ainda não se sabe. Mas, pelo menos como músicos, eles já têm o emprego garantido.

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/robotica/20088-esquadrao-de-robos-voadores-arrasa-ao-tocar-o-tema-de-james-bond.htm

Magnata russo deseja implantar cérebros humanos em robôs

Batizado de Avatar, projeto ambicioso visa criar uma consciência humana imortal.

Dmitry Itskov, magnata russo da área de tecnologia, apresentou recentemente um projeto que mais se parece com um daqueles livros de ficção científica: batizado de “Avatar”, a ideia é desenvolver robôs capazes de hospedar cérebros humanos e manter sua consciência ativa para sempre.

Lançado há um ano, o projeto emprega 30 pesquisadores, que Itskov financia com o dinheiro do próprio bolso. Depois da recente apresentação realizada em Moscou, o magnata espera atrair cientistas de todo o mundo que desejem colaborar com as pesquisas.

De acordo com Itskov, “este projeto estará indicando o caminho para a imortalidade”, e ele acredita que “esta é uma nova estratégia para o futuro, para a humanidade”.

Projetos semelhantes

A DARPA, agência norte-americana que trabalha com projetos de pesquisa avançada de defesa, já havia surpreendido ao apresentar um sistema, também batizado de “Avatar”, que utilizará robôs bípedes e semiautônomos para substituir soldados nos campos de batalha. Entretanto, os planos de Itskov, que precedem as pesquisas norte-americanas, parecem ir mais além.

O projeto é ambicioso e está dividido em fases:

Primeira fase: deve ocorrer dentro de poucos anos e prevê o desenvolvimento de robôs capazes de ser operados pela mente humana. Essa tecnologia já se encontra em desenvolvimento, e um estudo realizado em pacientes humanos do hospital John Hopkins já está utilizando implantes cerebrais para controlar membros artificiais, por exemplo.

Segunda Fase: deve ocorrer dentro de 10 anos e prevê o transplante da mente humana para uma mente robótica. Após essa etapa, seria realizada uma espécie de “upload” de informações, que transferiria o conteúdo do cérebro humano a um cérebro robótico novinho em folha.

Última fase: deve ocorrer dentro de 30 anos e prevê o desenvolvimento de corpos holográficos, que seriam capazes de hospedar a consciência humana.
Até o momento, não existe nenhuma tecnologia que permita a criação de consciências humanas holográficas, nem podemos afirmar que algum dia será possível criá-las. Mas, como o próprio Itskov afirmou, “se você empregar toda a sua energia em algo, poderá fazer com que se torne realidade”. Será?

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/mega-curioso/20085-magnata-russo-deseja-implantar-cerebros-humanos-em-robos.htm

Construções malucas: túnel de 130 km pode levar comboio ao espaço


Todos nós já sonhamos em algum dia poder pegar carona em algum foguete espacial, não é mesmo? Mas na verdade, eles servem para transportar pouco mais que o próprio combustível.

Pensando em alternativas para tornar o transporte espacial mais acessível e barato, uma dupla de engenheiros criou o Projeto Startram. Baseado na tecnologia Maglev, ou seja, de trens de levitação magnética, os inventores James Powell e George Maise propõem a construção de um túnel de aproximadamente 130 quilômetros que acompanharia o contorno de uma montanha e levaria o trem até o espaço. O interior do túnel seria mantido a vácuo, e o trem espacial lançado a aproximadamente 32 mil quilômetros por hora.

 
O custo estimado do projeto para transporte de materiais é de 20 bilhões de dólares, e ele demoraria 10 anos para ser concluído. Também existe uma estimativa para o transporte de humanos, que demoraria 20 anos para ser construído e custaria 60 bilhões. Neste caso, para que seja possível transportar humanos, a proposta original teria que passar por alguns ajustes, pois ninguém sobreviveria à aceleração da gravidade de 0,3 m/s2 que a viagem oferece!

A NASA tem estado de olho em sistemas envolvendo a tecnologia Maglev já faz algum tempo, e quem sabe não surge uma parceria de sucesso que torne as viagens espaciais um sonho possível para todos?

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/mega-curioso/20087-construcoes-malucas-tunel-de-130-km-pode-levar-trem-ao-espaco.htm

Quer ir ao centro comercial sem sair de casa ? Vá ao BrandsBreeze


O BrandsBreeze - o primeiro centro comercial ‘online’ do mundo - é visitado por uma média de 10 mil utilizadores por dia e todos os meses abrem novas lojas neste espaço ilimitado. E mais: a tecnologia do BrandsBreeze é totalmente portuguesa.

“O sucesso do maior centro comercial do planeta no futuro pode medir-se pelo número de visitas desde que abriu em Novembro de 2011. Hoje em dia, a média de visitantes ronda os 10.000 utilizadores únicos diários, com um crescimento exponencial de dia para dia e uma aceitação e adesão muito boas por parte do cliente final a este novo formato de compra”, explicou a Lusa o director-geral, Miguel Almeida Diniz.

Na base do sucesso, assegura o responsável, estão “as marcas de referência que oferece, a variedade de formatos de pagamento e a sua segurança, o preço dos produtos que são 100 por cento autênticos e o serviço pós-venda até casa do consumidor”.

Miguel Almeida Diniz explicou ainda que a inovação está no conceito que “transforma uma visita a um shopping físico sem sair de casa ou do local onde estiver, bastando apenas um clique”.

“O utilizador entra na loja, vê o produto, compara-o e adquire-o, chegando o mesmo a sua casa em 48 horas”, sublinhou.

Cada marca gere a sua loja e realiza as promoções que entender, mas todas participam nas épocas de saldos e nas novidades em comum que o centro apresenta regularmente.

De momento, o BrandsBreeze “abriu” em Portugal e Espanha, mas espera este ano chegar a outros países europeus e tem no horizonte da sua estratégia de internacionalização os Estados Unidos, esclareceu.

“A ambição BrandsBreeze é igual ao espaço do shopping: ilimitada”, rematou o gestor.

Constituído desde o final de 2011, o BrandsBreeze é um projecto totalmente português, quer a nível tecnológico, quer a nível de gestão, e conta já com mais de 20 lojas com venda em Portugal e Espanha.

Com a constante abertura de novas lojas, o centro comercial online prevê alargar cada vez mais o seu leque de ofertas, apresentando ofertas semelhantes às de um centro comercial físico.

Fonte: http://www.publico.pt/Tecnologia/quer-ir-ao-centro-comercial-sem-sair-de-casa-va-ao-brandsbreeze-1535666

“Árvore milagrosa” produz água potável e barata

Uma substância natural obtida a partir de sementes da “árvore milagrosa” pode purificar e clarear a água de forma barata e sustentável nos países em desenvolvimento, onde mais de 1 bilhão de pessoas não têm acesso à água potável.

Segundo os pesquisadores, o estudo sobre essa forma potencial de tratamento de água requer apenas um processo envolvendo sementes da árvore e areia.

Remover micróbios causadores de doenças e sedimentos da água potável demanda tecnologia nem sempre disponível em áreas rurais de países em desenvolvimento.

Como uma abordagem alternativa, cientistas analisaram a Moringa oleifera, também chamada de “árvore milagrosa”, uma planta cultivada em regiões equatoriais para alimento, remédios tradicionais e biocombustíveis.

“Pesquisas anteriores mostraram que uma proteína nas sementes da árvore podia limpar a água. Um dos estudos criou água que não podia ser armazenada e outro método era muito caro e complicado. Queríamos desenvolver uma forma mais simples e menos cara de utilizar o poder dessas sementes”, disse Stephanie B. Velegol, pesquisadora chefe do estudo, da Universidade Estadual da Pensilvânia, EUA.

Para isso, os cientistas acrescentaram um extrato da semente que contém a carga positiva da proteína da árvore, que se liga ao sedimento e mata os micróbios, e areia carregada negativamente.

“A areia resultante, ‘funcionalizada’, ou ‘f-areia’, mostrou-se eficaz na captura de E. coli cultivada em laboratório. Também foi capaz de remover os sedimentos a partir de amostras de água. Os resultados abrem a possibilidade de que a f-areia proporcione um processo simples e localmente sustentável para a produção de água potável armazenável”, conclui Velegol.[ACS, Foto]

Fonte: http://hypescience.com/arvore-milagrosa-produz-agua-potavel-e-barata/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...