sexta-feira, 28 de agosto de 2015

O que há de real por trás do mito dos Illuminati ?

O homem realmente chegou à Lua? Quem assassinou o presidente americano John F. Kennedy? Como começou a pandemia global de HIV? O verdadeiro poder mundial está nas mãos de uma sociedade secreta fundada no século 18?
Alguns acreditam que as respostas para estas perguntas não estão nos livros de história e dão crédito a teorias conspiratórias que surgiram nas últimas décadas ligadas a estes e outros eventos importantes.
Com a entrada do novo século e a popularização da internet, uma destas teorias ganhou muita popularidade: a suposta existência da Ordem dos Illuminati, cuja origem remonta a uma sociedade secreta de mesmo nome criada na Alemanha no fim do século 18 e que estaria integrada aos poderes políticos e econômicos, com o objetivo final seria estabelecer uma nova ordem mundial através de um governo global.
Em fóruns de discussão na web é comum ver internautas citarem os Illuminati para explicar muitos dos problemas atuais do planeta.
Políticos como George W. Bush ou Barack Obama, ou magnatas como George Soros, foram acusados de fazer parte desta organização. Até o papa Francisco e a rainha Elizabeth 2ª já foram apontados como membros da ordem.
Outros acreditam ser possível ver a simbologia ligada aos Illuminati em vídeos de artistas como Beyoncé, Jay-Z, Lady Gaga e Katy Perry: pentagramas, pirâmides e o famoso "olho que tudo vê" que aparece nas cédulas de dólar.
Mas, de onde veio este mito dos Illuminati e por que ainda existem pessoas que acreditam na existência de um grupo que desapareceu há mais de dois séculos?

A Ordem real
A Ordem dos Illuminati foi fundada em 1776 na Baviera, Alemanha, pelo jurista Adam Weishaupt
A Ordem dos Illuminati foi fundada em 1776 na Baviera, Alemanha, pelo jurista Adam WeishauptFoto: BBC

A Ordem dos Illuminati foi fundada em 1776 na Baviera, Alemanha, pelo jurista Adam Weishaupt. O objetivo desta sociedade secreta inspirada nos ideais do iluminismo e na estrutura da maçonaria, era acabar com o obscurantismo e com a forte influência que, na época, a igreja exercia sobre a esfera política.
Depois que o príncipe Karl Theodor chegou ao poder, a Ordem dos Iluminati, assim como outras sociedades secretas, foi declarada ilegal e dissolvida, em 1785. Mas alguns acreditam que ela continua operando na clandestinidade.
Autores como o francês Agustín Barruel (1741-1820), a britânica Nesta Helen Webster (1876-1960) ou o canadense William Guy Carr (1895-1959) vincularam a ordem com eventos como a Revolução Francesa de 1789, as Revoluções em vários países europeus de 1848, a Primeira Guerra Mundial ou a Revolução Bolchevique, de 1917.
Há até quem diga que os fundadores dos Estados Unidos eram membros da ordem e que o Federal Reserve, o banco central americano, foi criado para ajudar a cumprir os objetivos de dominação global da organização.
Nas últimas décadas, apareceram referências aos Illuminati em obras como a trilogia satírica de ficção científica (1975), de Robert Shea e Robert Anton Wilson, ou (2000), de Dan Brown, assim como nas letras de alguns artistas da cena hip hop.
Tudo isso fez com que os Illuminati se transformassem em protagonistas de várias teorias conspiratórias que se alastraram pela internet, onde é possível encontrar milhares de páginas dedicadas à ordem.
Os Illuminati são associados com uma iconografia parecida com a dos maçons
Os Illuminati são associados com uma iconografia parecida com a dos maçons Foto: Getty

'Loucura'

"É uma loucura que hoje em dia existam pessoas que acreditem na existências dos Illuminati", disse o escritor e historiador americano Mitch Horowitz.
"Os cidadãos têm preocupações legítimas sobre como funcionam os poderes políticos e econômicos, mas, em vez de canalizar estas preocupações de forma eficaz para que haja mais transparência, alguns preferem acreditar em histórias de fantasia sobre uma organização que deixou de existir há mais de 200 anos", disse ele à BBC Mundo.
De acordo com Horowitz, "há escritores e jornalistas que contribuem com a paranoia em torno dos Illuminati e as pessoas se deixam convencer porque é interessante pensar que existe um grupo secreto que domina o mundo".
"Se estudarem o que realmente eram os Illuminati, perceberiam que se tratava de uma organização política cujos ideais estavam baseados em uma sociedade mais justa e que gostavam da iconografia relacionada com o mundo do oculto", afirmou.
Para Horowitz, devido ao mistério que tem para o público, muitos artistas gostam de usar um pouco desta iconografia em seus clipes. "Os músicos entendem a atração e usam símbolos como o pentagrama, o obelisco ou o olho que tudo vê, mas isto não os converte em membros de uma sociedade secreta."

'Sociedades interconectadas'
Alguns associam os Illuminati com o grupo BilderbergAlguns associam os Illuminati com o grupo Bilderberg Foto: AP

Entre os que acreditam na existência dos Illuminati está o escritor americano Mark Dice, autor de um livro sobre a suposta ordem. "Com certeza os Illuminati estão cercados de fantasias, mas quando se separa a realidade da ficção, acredito que há provas que demonstram que é um grupo real que continua existindo hoje em dia", disse o escritor à BBC Mundo.
Dice disse que, depois da dissolução em 1785, "os Illuminati continuaram operando através de várias sociedades secretas interconectadas como o Grupo de Bilderberg (conferência anual privada que reúne cerca de cem líderes políticos dos EUA e Europa) ou o Conselho de Relações Exteriores (centro de estudos baseado nos Estados Unidos)".
"Estas organizações compartilham os objetivos dos Illuminati, seus métodos de funcionamento, seus símbolos e terminologia", afirmou.
Segundo Dice eles não precisam usar o nome Illuminati pois "sabem quem são e o que estão fazendo". "Nos últimos anos, o Grupo de Bilderberg foi exposto, já que com a internet não é fácil ser um grupo secreto."
Para Dice, os meios de comunicação podem ser culpados por este segredo ter ficado tanto tempo escondido. "Como não é de interesse público que a cada ano cem das pessoas mais poderosas do planeta se reúnam em um hotel, cercados de guardas armados, para conversar sem microfones sobre como querem influir no futuro do planeta?"
O escritor garante que os Illuminati querem "criar um governo global de inspiração socialista" e "usam artistas de fama global para promover sua causa".
Dice tem centenas de milhares de seguidores no Facebook e YouTube.

Culpa da internet?

Jesse Walker, autor do livro ( Os Estados Unidos da Paranoia , em tradução livre), afirma que a "internet foi fundamental para potencializar e propagar o fenômeno dos Illuminati". "Hoje são vinculados com todo tipo de teorias, tanto por grupos de extrema-direita como de extrema-esquerda, que os usam segundo a própria conveniência", explicou Walker em entrevista à BBC Mundo.
O escritor disse ainda que, nos últimos anos, alguns artistas como o rapper Jay-Z incluíram pequenas referências aos Illuminati em suas aparições públicas para se divertir, alimentando ainda mais as teorias de conspiração que vinculam a ordem também à industria do entretenimento.
"Teorias de conspiração são uma parte intrínseca da psique humana. Somos criaturas que buscam padrões para dar um sentido ao mundo que nos cerca. Se há lacunas em uma história, temos que buscar explicações."
Walker lembra que há "motivos reais para medo ou ansiedade, já que, algumas vezes, algumas teorias conspiratórias se mostram certas, como no caso do escândalo das escutas da Agência Nacional de Segurança dos EUA (NSA), ou quando é revelado que algum político está recebendo subornos". "Mas quando se combina o medo com a busca de padrões, surgem teorias como a dos Illuminati".
Para o escritor, o problema é que "muitos não têm conhecimento suficiente para diferenciar o que é real do que não é" O rapper Jay-Z é apontado como um artista que já fez pequenas referências aos Illuminati em aparições em públicoO rapper Jay-Z é apontado como um artista que já fez pequenas referências aos Illuminati em aparições em público

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/artigos/o-que-ha-de-real-por-tras-do-mito-dos-illuminati.html

Papa escreve carta de apoio a autora de livro infantil pró-gay

Alguns dos personagens do livro "Piccolo Uovo"O papa Francisco escreveu uma carta de apoio à autora de um livro infantil que aborda a temática gay e que tem enfrentado resistência e proibições na Itália, informou nesta sexta-feira o jornal britânico "The Guardian".
O livro "Piccolo Uovo" (Pequeno Ovo), de Francesca Pardi, trata de diferentes tipos de relacionamentos e de famílias, incluindo casais homossexuais, para o público infantil.
Na obra, o ovo encontra um casa de pinguins gays, duas coelhas lésbicas que têm uma família, um hipopótamo fêmea que é mãe solteira e um casamento entre cães de diferentes raças, além de um casal de cangurus que adotou ursos polares bebês.
Em junho, o prefeito conservador de Veneza, Luigi Brugnaro, proibiu o livro e outras 50 obras das escolas. Em reação, mais de 250 escritores italianos pediram que seus livros também sejam retirados das escolas, em um "protesto contra um gesto de censura e ignorância".
Na ocasião, Pardi escreveu para o papa, enviando-lhe uma coleção de livros infantis publicados pela sua editora, a Lo Stampatello, que tratavam da temática LGBT. "Temos respeito pelos católicos (...). Por que não podemos ter a hierarquia da igreja nos apoiando?", disse ela na carta.
A resposta do papa veio datada de 9 de julho e assinada por Peter Wells, um alto funcionário da Secretaria de Estado do Vaticano.
"Sua Santidade está agradecida pelo gesto e pelos sentimentos que evocou, sempre esperando por uma atividade cada vez mais frutífera ao serviço das novas gerações e à propagação de valores humanos e cristãos genuínos", afirma a carta papal, segundo o "Guardian".
Pardi se disse surpresa com a correspondência. "Não é que ache que ele seja a favor de famílias gays, porque existe uma doutrina católica, mas não devemos pensar que não temos direitos", afirmou.
A Igreja Católica considera a homossexualidade "contrária à lei natural". Mas o papa Francisco tem adotado uma abordagem mais conciliadora ao tema.
Em 2013, ele afirmou: "Se alguém é gay e busca a Deus, quem sou eu para julgar?".

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/papa-escreve-carta-de-apoio-a-autora-de-livro-infantil-pro-gay.html

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Irão prepara estreia do polêmico 'Muhammad', filme sobre Maomé

Cartaz do filme “Muhammad: The Messenger of God”
 

Após sete anos de trabalho e um longo debate teológico sobre o respeito à figura do profeta do Islã, o Irã se prepara para a estreia mundial do filme "Muhammad", a maior e uma das mais polêmicas produções cinematográficas já feitas no mundo islâmico.
Os cinemas iranianos começarão a exibir no dia 26 de agosto o filme, dirigido pelo prestigiado cineasta Majid Majidi, após vários meses de atrasos e dúvidas sobre a legitimidade religiosa de representar imagens de Maomé, uma proibição estrita para a corrente ortodoxa muçulmana sunita, mas que é vista de maneira um pouco mais relaxada pelo ramo xiita do islã, majoritário no Irã.
Com o financiamento e o apoio declarado das autoridades iranianas, "Muhammad" não esconde seu desejo de exaltar a palavra do profeta.
No entanto, o fato de a figura de Maomé aparecer no filme, embora de modo difuso e sem nunca mostrar o rosto, serviu para que instituições religiosas como a prestigiada universidade islâmica de Al-Azhar, no Cairo, pedissem o cancelamento da produção.
"O filme é muito sensível sobre isto, já que existem 1,6 bilhão de muçulmanos no mundo. Desde o princípio nosso esforço foi para trabalhar, tanto no roteiro como na execução, para que não se veja o rosto do profeta, mesmo na infância. Vemos sua figura, mas não seu rosto", explicou Majidi em um encontro com a imprensa para anunciar a chegada do filme às salas comerciais.
De fato, Majidi consultou o roteiro, assim como a presença de Maomé, com várias autoridades religiosas tanto xiitas como sunitas, que, segundo os produtores, deram o sinal verde para sua exibição.
Tudo na produção está pensado para constituir um marco visual na história da cinematografia do mundo islâmico, e narra ao longo de 171 minutos a vida do profeta desde seu nascimento até sua entrada na adolescência na turbulenta cidade de Meca no final do século VI.
Junto com Majidi, indicado ao Oscar em 1998 por "Filhos do Paraíso", também participaram do filme cineastas internacionais, como o diretor de fotografia italiano Vittorio Storano, o editor Roberto Perpignani e o americano Scott E. Anderson, especialista em efeitos especiais.
Apesar da insistência de Majidi em assinalar que o importante do filme é "a visão que dá do profeta de mensageiro de paz e misericórdia", a multimilionária produção deu a este drama religioso um cenário espetacular que inclui batalhas com elefantes, tempestade de pedras e uma minuciosa reprodução da vida na Arábia na época.
Foram construídas no meio do deserto, a cerca de 70 quilômetros ao sul de Teerã, réplicas precisas das cidades sagradas de Meca e de Medina, que levaram dois anos para ficar prontas, e que incluem centenas de casas, estábulos, muralhas, banhos e poços.
Mohamad Reza Saberi, um dos produtores, declarou à Agência Efe que o set foi construído "para durar 25 anos", já com a ideia de rodar outros dois filmes sobre Maomé, ser usado por qualquer outra produção histórica que desejar e se transformar no futuro em um centro turístico.
O custo total deste projeto também foi motivo de polêmica, já que alguns meios de comunicação iranianos informaram que teria sido superior a US$ 500 milhões.
Essa informação foi desmentida categoricamente pelos produtores, que baixaram as cifras para US$ 37 milhões, substancialmente menor, mas que mesmo assim supera amplamente qualquer outra produção cinematográfica realizada no Irã e em qualquer outro país muçulmano.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/ira-prepara-estreia-do-polemico-muhammad-filme-sobre-maome.html

União Europeia regista recorde no fluxo de imigrantes no último mês


Um recorde de 107.500 migrantes cruzaram as fronteiras da União Europeia (UE) no último mês, segundo dados publicados nesta terça-feira (18), mostrando um drástico aumento do número de refugiados e o consequente desenvolvimento de uma crise humanitária no bloco de 28 países-membros.
A agência de fronteiras da UE Frontex comunicou que os números mais recentes ultrapassaram, em muito, o recorde mensal anterior de 70 mil migrantes registrados em junho. Ainda segundo a Frontex, aproximadamente 340 mil imigrantes chegaram ao bloco europeu nos primeiros sete meses deste ano - contra 123.500 de refugiados no mesmo período do ano passado.
"Esta é uma situação de emergência para a Europa, que exige a intervenção de todos os Estados-membros da UE para apoiar as autoridades nacionais que estão recebendo um grande número de migrantes em suas fronteiras", disse o diretor da Frontex, Fabrice Leggeri, em comunicado.
Já o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) afirmou, também nesta terça-feira, que somente na última semana 20.842 migrantes --praticamente todos fugindo de guerra e perseguição em Síria, Afeganistão e Iraque --chegaram à Grécia.
O país europeu que atualmente está lutando pela sobrevivência de sua economia recebeu aproximadamente 160 mil imigrantes em suas costas desde janeiro, de acordo com dados da agência de refugiados da ONU. Somente em julho, cerca de 50 mil refugiados chegaram à Grécia - uns 7 mil a mais do que em todo o ano passado.
"O ritmo de chegadas está continuamente aumentando nas últimas semanas", disse o porta-voz do Acnur, William Spindler, em coletiva de imprensa em Genebra, na Suíça.
Alemanha espera até 750 mil requerentes de asilo
Mas a onda de migrantes tem impactado a Europa desde suas ilhas no sul até países do norte. A Alemanha, como potência econômica do bloco europeu, tornou-se o principal destino de refugiados, com um em cada três migrantes que chegaram na UE no ano passado buscando asilo em solo alemão. De acordo com uma publicação do jornal alemão Handelsblatt, a Alemanha espera receber até 750 mil requerentes de asilo em 2015.
O chefe da ONU para refugiados, Antonio Guterres, pediu nesta terça-feira por mais solidariedade entre os países europeus no acolhimento de migrantes, insistindo que é "insustentável" para Alemanha, ao lado da Suécia, tomar a responsabilidade pela maioria dos refugiados.
Enquanto isso, França e Reino Unido estão se preparando para assinar um acordo ainda nesta semana para tentar aliviar a crise migrante no porto francês de Calais, onde milhares de pessoas estão desesperadas para cruzar o Canal da Mancha pelo Eurotúnel.
E não há sinais de que o dilúvio de migrantes na Europa vá diminuir. Aproximadamente 250 mil migrantes já cruzaram o Mar Mediterrâneo para Itália e Grécia neste ano, afirmou a Organização Internacional para as Migrações (OIM), também nesta terça-feira. A estimativa é de que este número passe dos 300 mil até o fim do ano.
Segundo estatísticas do Acnur, 2.440 pessoas morreram neste ano tentando atravessar o mar Mediterrâneo. Esse número inclui os 49 migrantes asfixiados no porão de um navio que transportava 362 pessoas e que naufragou no último fim de semana.
Ilha de grega de Kos vira símbolo para crise migratória
O aumento do número de migrantes é mais visível na endividada Grécia, que em grande parte vem falhando em fornecer qualquer apoio às dezenas de milhares de migrantes atolados em condições precárias.
"Durante meses, o Acnur tem avisado sobre a crescente crise de refugiados nas ilhas gregas", disse Spindler, insistindo que a "infraestrutura de recepção, serviços e procedimentos de registro tanto nas ilhas como no continente devem ser reforçados com urgência".
Até recentemente, a maioria dos migrantes em viagem à Europa se arriscavam na travessia em direção à Itália, mas perigos e dificuldades logísticas direcionaram o fluxo migratório à Grécia. Quando os migrantes chegam às ilhas gregas há pouco ou nada para eles. A maioria está sendo forçada a dormir ao ar livre.
A ilha grega de Kos, que na semana passada presenciou cenas caóticas de policiais armados com cassetetes entrando em conflito com milhares de refugiados, passou a simbolizar a resposta desorganizada da Europa à crise migratória.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/ue-registra-recorde-no-fluxo-de-imigrantes-no-ultimo-mes.html

Promulgado registo de abusadores sexuais de menores

De acordo com a informação disponível no 'site' da Assembleia da República, o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, promulgou a proposta do Governo a 12 de agosto. A informação da promulgação só foi, contudo, introduzida esta quarta-feira no 'site' do Parlamento.
O diploma do Governo que cria o registo de identificação criminal de condenados por abusos sexuais de menores foi aprovado em votação final global a 3 de julho com os votos favoráveis das bancadas do PSD e do CDS-PP, merecendo o 'chumbo' de toda a oposição.
No dia da votação final global, foi introduzida uma alteração à proposta do Governo, vedando totalmente o acesso dos pais às identidades dos condenados por abusos sexuais de menores.
Na altura, os deputados da maioria justificaram que as alteração se destinavam a atender a "questões de constitucionalidade".
"Os cidadãos que exerçam responsabilidades parentais sobre menor até aos 16 anos, alegando situação concreta que justifique um fundado receio que na área de residência ou na área em que o menor frequenta atividades paraescolares ou nas imediações do estabelecimento de ensino frequentado pelo menor, resida, trabalhe ou circule habitualmente pessoa que conste do registo, podem requerer à autoridade policial da área da sua residência a confirmação e averiguação dos factos que fundamentem esse fundado receio sem que lhe seja facultado, em caso algum, o acesso à identidade e morada da(s) pessoa(s) inscrita(s) nos registos", lê-se na alteração.
A proposta de lei inicial tinha sido aprovada pelo Governo a 12 de março.
Na altura, o secretário de Estado da Justiça disse que, nos termos da proposta do Governo, os pais não teriam acesso à base de dados e aos registos, mas poderiam dirigir-se "às autoridades policiais da sua residência habitual" e "perguntar se o nome A, B, C ou D, com fundamento em situações concretas perfeitamente identificadas, existe ou não nessa base de dados".
Esse pedido poderia ser feito por "quem exerce responsabilidades parentais sobre menores até aos 16 anos de idade", com base em "situações que inspirem um fundado receio de que determinada pessoa pode já constar desse registo", referiu.
Com a alteração entretanto introduzida o acesso dos pais à identidade dos condenados fica totalmente vedado. As pessoas que exerçam responsabilidades parentais e tenham um "fundado receio" que alguém abusa sexualmente de menores terão pedir à polícia que averigue os factos que fundamentem esse receio, sem que alguma vez lhes seja fornecido a identidade ou morada da pessoa incluída nesse registo.
 
Fonte: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Justica/Interior.aspx?content_id=4736649&page=-1

Sporting acusa Benfica de manipular títulos

Sporting acusa Benfica de manipular títulos
O  Presidente do Sporting compara João Gabriel a Mr. Burns, uma personagem dos "The Simpsons
O presidente do Sporting saiu a terreiro em defesa da equipa e disparou, do Facebook, para o outro lado da segunda circular, considerando "miserável" o processo dos encarnados a Jesus. A resposta chegou pelo Twitter de "Mr. Burns", que recordou a expressão "um cretino é um cretino".
O processo do Benfica ao Sporting, noticiado na terça-feira, dia em que os leões jogavam a primeira-mão do play-off de acesso à "Liga dos Milhões", caiu mal em Alvalade. O presidente leonino, afiou as garras no Facebook e atirou-se ao rival lisboeta, sem nunca mencionar o nome do Benfica.
"Alguns jornais, ao invés de dar o devido ênfase a este importante acontecimento, preferiram tentar ofusca-lo dando "voz" e destaque a um acto miserável e desnorteado de um clube onde os próprios sócios estão demissionários", escreve o presidente do Sporting na página pessoal do Facebook.
"Tudo vale na guerra do faz de conta. Aí são verdadeiros campeões. Eles manipulam datas de fundação, números de sócios,números de adeptos, números de campeonatos, capas de jornais, textos, opinadores e comentadores", escreve Bruno de Carvalho, em referência ao Benfica. "Tudo serve para tentar encobrir a convulsão interna que vivem", após a saída de Jorge Jesus para o Sporting.
O alvo tem rosto e nome. Chama-se João Gabriel, diretor de comunicação do Benfica, que Bruno de Carvalho compara a uma personagem da série norte-americana "The Simpsons".
"Algumas atitudes demonstradas fazem lembrar Mr. Burns, o "velhinho mauzão" que no final do dia ninguém teme nem respeita", diz Bruno de Carvalho.
"Caro Mr. Burns, se é guerra que quer é guerra que terá. Vá chamando o seu exército de falsas "virgens ofendidas" e "dinossauros esquecidos", acrescenta o presidente do Sporting.
Nesta "guerra" real de palavras, a resposta chegou também por um meio virtual. "Há deslumbrados que merecem uma boa luta e há cretinos que são só isso...cretinos", escreveu João Gabriel na conta pessoal do Twitter.
Bruno de Carvalho não perdeu tempo e já deu troco a João Gabriel. "Caro Mr. Burns, então levou tantos anos para perceber que um cretino afinal é... um cretino? Enfim... Como se costuma dizer mais vale tarde que nunca..." lê-se no Facebook do líder leonino.
Considerando que a memória não é o forte de João Gabriel, o presidente do Sporting lembrou uma anedota antiga e prometeu enviar a explicação numa SMS, "já que é uma forma de comunicação que parece dominar", num alusão a outro caso que marcou o jogo da Supertaça, que rendeu ao Sporting o primeiro título da época, à custa do Benfica.
No meio de tudo isto está Jorge Jesus, que após a vitória sobre o CSKA de Moscovo, por 2-1, se limitou a dizer que é "livre de escolher o clube" de futebol que quer treinar, em reação ao processo que o Benfica anunciou, com intenção de pedir 7,5 milhões de euros de indemnização.
 
Fonte: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Desporto/Interior.aspx?content_id=4735974&page=-1

Sócrates acusa Justiça de plano para impedir vitória do PS

José Sócrates diz ter a "legítima suspeita" de ter sido colocado e mantido em prisão preventiva para travar uma possível vitória do Partido Socialista nas eleições legislativas.
A acusação surge numa carta ao JN e à estação televisiva SIC alusiva aos nove meses que amanhã se completam desde o dia em que foi detido no aeroporto de Lisboa, à chegada de um voo de Paris.
"Ao fim destes longos nove (9) meses, creio que é tempo de todos tirarem uma conclusão: fui preso sem que existissem quaisquer provas contra mim. A interpretação mais benigna, embora ainda assim intolerável, é a de que me prenderam "para investigar". Mas há outra. À medida que o tempo passa cresce a legítima suspeita de que este processo tem como verdadeira motivação condicionar as próximas eleições e impedir a vitória do PS. Acontece que isso não compete à justiça, mas à política", lê-se na carta, a publicar na íntegra na edição do JN de amanhã.
Pela primeira vez, afirmando que "a Justiça cometeu mesmo neste caso um erro monstruoso", o ex-primeiro-ministro refere-se com mais detalhe aos indícios de corrupção e de fraude fiscal e branqueamento de capitais que lhe são imputados pelo Ministério Público. Classifica o processo como "saltitão", dizendo que a investigação "já 'acreditou' em tudo e no seu contrário", passando "de uma teoria para a outra cada vez que a anterior esbarra contra a verdade".
Em concreto, critica ser suspeito de corrupção praticada alternativamente em Portugal, Angola, Venezuela, "talvez na Argélia" e "de novo em Portugal mas no Algarve (oscilando aqui entre o PROTAL, umas operações urbanísticas nunca identificadas do Empreendimento de Vale de Lobo e um empréstimo concedido pela Caixa Geral de Depósitos, a que sou totalmente alheio) e, ao que parece, está agora em trânsito para o Brasil".
"Já 'acreditaram' também que ela aconteceu nas PPP rodoviárias, na Parque Escolar, no T.G.V. e até no Aeroporto que nunca foi feito, embora sem nunca esclarecer com que intervenção minha nem indicar em concreto o acto que consideram ilícito. Finalmente e sempre segundo a 'fezada' da investigação, o 'agente corruptor' começou por ser o conjunto das empresas do Engº Carlos Santos Silva, a seguir foi o Grupo Lena, mas evoluiu depois, sem pestanejar, para promotores turísticos e imobiliários com interesses no Algarve, explorando agora novas oportunidades no filão do mercado brasileiro", enumera, concluindo que "este enorme desnorte da investigação revela é que todo este processo foi, desde o início, uma enorme precipitação e uma incrível leviandade".
Já quanto à propriedade dos 23 milhões de euros detidos na Suíça em nome do alegado testa de ferro Carlos Santos Silva, Sócrates volta a classificar a tese como "absurda". E questiona a "lógica" da acusação, uma vez que, se fosse verdadeira, estaria sempre sujeito à "boa-vontade e cooperação para conseguir aceder, sempre por esquemas complicadíssimos" para aceder à sua "fortuna".
Além disso, acrescenta que, em caso de "fatalidade" ou "incapacidade" de Santos Silva, não teria qualquer forma de aceder ao dinheiro, dado que não consta como beneficiário das contas bancárias. "O dinheiro não é, nem nunca foi meu".
O ex-primeiro-ministro dá ainda um remoque ao Ministério Público por ter aberto uma investigação ao negócio de compra e venda do seu andar, na Rua Braancamp, Lisboa, a um advogado e ex-procurador do Paquistão. "A única razão parece residir no facto desse apartamento ter sido meu. Já não se trata, apenas, do respeito que deve às pessoas e aos seus direitos, mas de perder o respeito que o Ministério Público deve a si próprio".

Fonte: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Justica/Interior.aspx?content_id=4737081&page=-1

Rússia mostrará caça secreto

Rússia vai mostrar caça secreto
É um segredo com quase 30 anos - como ficou a última versão do Mig 1.44, o avião que os russos queriam que rivalizasse com os caças norte-americanos F-22?

Um canal de televisão russo anunciou que o Ministério de Defesa de Moscovo autorizou a apresentação do Mig 1.44 durante o festival de aviação MAKS, em Zhukovsky, que começa na próxima semana perto da capital russa, e com a presença de Putin.

Pouco se sabe deste protótipo pensado para enganar os radares inimigos e permanecer invisível nos ecrãs.

A Rússia manteve o projeto em sigilo ao longo de 30 anos e apenas há registo de um voo, no ano 2000 - espera-se que versão final deste caça seja muito diferente.
 
Fonte: http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Vida/Interior.aspx?content_id=4733218&tag=Ci%EAncia%20e%20Tecnologia

Cientistas perplexos com evidências de tecnologia extra-terrestre nas pirâmides

Monumentos megalíticos acompanhados por energia eletromagnética. Avançadas ruínas pré-históricas dispostas ao longo de distâncias de linha ásperas, pedras com medidas exatas  esculpidas com mais de 5000 anos.
As estruturas espetaculares sobre o velho, foram construídas apenas para seres humanos?. ou se houver evidência de terem sido projetadas, e interligados por visitantes de outro mundo?.
Durante a história da humanidade, os cientistas têm estudado os monumentos egípcios, desde as pirâmides até os templos de Karnak e Dendera, passando pelas gigantes esculturas de Ramsés.
As fotos dessas superfícies, revisto sob Microscópios de Elétrons, e inúmeras experiências, fatos com o que supostamente as ferramentas utilizadas por construtores, têm mostrado que nenhum desses instrumentos de cobre e madeira poderia ter deixado estas marcas de precisão mecânica sobre as superfícies perfeitamente polidos, arredondada ou angulares com regularidades de centésimos de milímetro.
O fato de só ter recuperado algumas pobres ferramentas de cobre e madeira nas proximidades dos monumentos, para não dizer que não há nenhum outro, à espera de ser descoberta.
Os cientistas mostram fotos e diagramas onde se aprecia a existência de  equipamentos de precisão para atingir, por exemplo, que todos os detalhes do rosto sobre as estátuas de Ramsés que contêm um milímetro correspondência bilateral. Na verdade, hoje só é possível - alcançar semelhante acabamento utilizando a varredura por pontos assistido por um computador.
Obviamente, não está claro que os egípcios possuíam computadores, mas também a cultura que construiu esses monumentos tinham acesso a uma tecnologia que hoje talvez esta perda sob o nariz dos arqueólogos, que não se apercebem da sua existência porque não têm o conhecimento para fazer isso. Usando o que agora é chamado inversão engenharia (engenharia reversa ou vice-versa), em que a partir de um objeto, os especialistas identificam como e com que tipo de ferramentas foi construído, é proposta a possibilidade de que eles tenham usado mega-serras, ou gigante tornos verticais, para cortar muitas dessas pedras monumentais.
Há ravinas ou canaletas que os arqueólogos chamada barco poços (poços barcos) por causa do seu formato.
Os egiptólogos pensam que são símbolos do transporte que levou para os faraós para a próxima vida, porque em um deles apareceu um barco que está agora em um museu.
Mas os cientistas, têm observado o fato de que outras trincheiras, como a Abu Roash, são demasiado estreitas e profundas, e que nem sequer têm um barco.
Não pode ser descartada a possibilidade de que uma civilização na terra, antes do egípcio, poderia ter sido responsável por muitos dos grandes monumentos que hoje são atribuídos aos sujeitos de Cheops. E eles citam, por exemplo, as conclusões do geólogo Robert Schoch da Universidade de Boston, que calculou que a erosão da esfinge (atribuída à água) teve que ocorrer entre os anos 5000 e 7000 a.c. . Os arqueólogos têm colocado o clamor porque, de acordo com eles, na época, eles eram apenas tribos de caçadores-coletores sem recursos a colossal façanha da engenharia.
No entanto, a ciência do sedimento e da erosão, que são a especialidade de um geólogo, parece dizer o contrário.
Dunn's book mostra que há muitos quebra-cabeças que os arqueólogos não irão desvendar sozinho.
É necessária a colaboração de muitos engenheiros, arquitetos, geólogos e outros especialistas que nos ajudem a melhor avaliar os fatos quase impossível de explicar, por que alguns preferem guardar um silêncio incomodativo pois sua existência contradiz a história oficial.  
 
Fonte: https://www.youtube.com/channel/UC-ee0UkFzmq9k7vnyclQF8g

Após explosão e chuva Tianjin ficou coberta por misteriosa espuma

 
"A primeira chuva para lavar mais  Tianjin desde uma série de explosões que atingiu um armazém no distrito de Binhai, na semana passada provocou uma nova onda de preocupação como uma espuma branca não identificada que apareceu nas ruas. Alguns que tiveram contato com ela estão relatando uma sensação de queimação em seu rosto e lábios, enquanto outros estão relatando uma sensação de ardor em seus braços. Alguns disseram que eles experimentaram uma sensação de coceira, de acordo com um NetEase Notícias relatório."
"Especialistas meteorológicos disseram segunda-feira que as chuvas já não representam nenhum perigo direto para a saúde das pessoas, de acordo com um CCTV Notícias relatório."
"No entanto, as autoridades tinham expressado preocupação de que o aguaceiro, além de dificultar os esforços de resgate, se espalharia substâncias nocivas em toda a cidade, depois de cerca de 700 toneladas de cianeto de sódio-um produto químico tóxico que cria uma substância combustivel quando se reunir com água-foi encontrado na explosão local. Funcionários hoje disseram que foram detectados pelo menos 40 tipos de produtos químicos perigosos na zona da explosão, incluindo 800 toneladas de nitrato de amônia e 500 toneladas de nitrato de potássio, o Guardian relatórios. "
"Bao Jingling, engenheiro-chefe para o Tianjin Bureau de Proteção Ambiental, disse anteriormente para NBC Notícias relatório que "se houver chuva, ela irá produzir cianeto de hidrogênio, por isso estamos monitorando de perto", acrescentando que a divisão de guerra anti-química dos militares foi enviada ao local no domingo e que a situação "atualmente ... não é muito grave". O cianeto de hidrogénio gás é descrito pelos norte-americanos Centros de Controle e Prevenção de Doenças como sendo um produto químico tóxico "rapidamente fatal" que pode reduzir o corpo de capacidade de utilizar oxigênio. " 
"Em preparação para a chuva, as autoridades supostamente ensecadeiras construídas em torno de uma área central de 100.000 metros quadrados das explosões que serão continuamente reforçadas para evitar que a água contaminada flua para fora, disse a Xinhua. centros de monitoramento locais relataram uma qualidade de ar normal leitura na cidade e o Tianjin vice-prefeito encarregado da segurança do trabalho, disse em uma conferência de imprensa ontem que o cianeto de sódio dentro de um raio de três quilômetros do local da explosão núcleo seria neutralizada por ontem à noite." 
"Um total de 114 pessoas foram confirmadas mortas com mais de 70 desaparecidos após duas explosões enormes e uma explosão menor destruiu um armazém de armazenamento de materiais perigosos última quarta-feira."
 
Fonte: http://www.disclose.tv

Misteriosos feixes de luz avistados em todo o mundo

Nos últimos tempos acontecem fenômenos misteriosos nos céus ao redor do mundo e muitas vezes vemos aparecer bolas brilhantes estranhas, objetos que caem do céu, esferas de incandescência e raios laser disparado para o espaço também registrado pelas câmeras (canal ao vivo streaming NASA) ao vivo do ISS. O que eles significam e por que eles ocorrem estes fenômenos incomuns?
Um exemplo do que está acontecendo e ninguém sabe porquê, são "colunas de luz", tipicamente observadas nas regiões polares, mas agora também têm sido relatadas em latitudes mais baixas durante a temperaturas frias. A maioria desses feixes de luz parecem ser disparado de baixo para cima, gerando linhas verticais de luz não muito densa. Por exemplo, ninguém conseguiu explicar o famoso raio de luz que foi visto emanar da ponta da pirâmide de Kukulkan, remate longo de Hector Siliezar 24 de julho de 2009, enquanto estava de férias no México com a família.
Parece improvável que todos essas Luzes podem ser atribuídas somente a fenômenos naturais, mau funcionamento da câmara ou a um problema técnico do sensor digital da câmera. Alguns sugeriram que a radiação solar, interagindo com o campo magnético terrestre, pode criar um campo de ionização quando este adere às linhas magnéticas do planeta, tornando-se assim no que vemos como um raio de luz, constituído precisamente por partículas ionizadas carregados e transportados pelo vento para cima solar na nossa atmosfera.
Para o físico Slobodan Mizdrak que interessa as pirâmides na Bósnia, diz que esses feixes de luz, nada mais são feixes de energia que vêm de cima para baixo, ou a partir do espaço, e quando você se aproxima da Terra, estes são amplificados mais aumentando seu poder.
Por exemplo, o mesmo Dr. Mizdrak estuda as pirâmides na Bósnia, fez as medições com o equipamento no topo da Pirâmide do Sol, e pela primeira vez em Abril de 2014, observou que o fluxo de energia que vem de cima Foi um fluxo com um sinal muito poderoso. O mesmo pode ser dito para o túnel de Ravne sistema dentro da pirâmide. A partir disso podemos concluir que a Pirâmide do Sol na Bósnia ainda está ativa até hoje. O fluxo de energia que entra na pirâmide, em seguida, converte e irradia para o espaço, a atmosfera, no vale, em seguida, em edifícios próximos, de todas as pessoas e objetos distantes. Não há dúvida de que a Pirâmide do Sol na Bósnia como as outras pirâmides em todo o mundo, foram e são parte de uma rede de informações sobre energia, que contenham ou um código global, um papel especial para a evolução da Terra e da civilização.
Um feixe de luz misteriosa fotografado em Mount Bachelor, um estratovulcão localizado em Oregon (EUA)
 
Segundo o pesquisador Massimo Fratini esses fluxos de energia, geralmente não são visíveis a olho nu, mas intempéries efeitos transitórios como trovoadas e relâmpagos, pode ativar esses fluxos, tornando-se visíveis por alguns segundos. Estes fluxos são parte da rede global de energia ou vulgarmente conhecido Ley Lines. Uma vez ativado por uma descarga eléctrica (neste caso, um raio) ou pela radiação solar e cósmica, esses fluxos podem ser desencadeadas como resultado a criação de "portais magnéticos ou Stargate".
Esses portais foram descobertos recentemente pela NASA e vir a ser instável, PDM são, portanto, invisível, instável, esquivo e imprevisível, como chupando um avião ou navio de grandes proporções e transportá-los em dimensões do espaço-tempo desconhecidos para nós, como aconteceu no Triângulo Das Bermudas.
 
Fonte:http://www.segnidalcielo.it

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Estaremos à beira de um Setembro negro ?

Milhares de pessoas nos EUA estão acumulando bens alimentares e outros na expectativa dos acontecimentos que poderão abalar a economia e o mundo no próximo mês de Setembro, exatamente quando termina o ano"shemitah", o ano bíblico que marca um período importante no calendário judaico.
 
MERA COINCIDÊNCIA?
 
O ano "shemitah" tem trazido grandes hetacombes económicos, especialmente no mercado norte-americano. Lembremo-nos do que que ocorreu nos 2 últimos anos "shemitah" - o dia 29 do mês bíblico de Elul:
 
17 de Setembro de 2001 (29 do mês de Elul): a maior queda jamais havida na bolsa de valores de Nova Iorque ocorrida até àquele dia;
 
29 de Setembro de 2008 (29 do mês de Elul): o índice "Dow Jones" na bolsa de Nova Iorque caiu 777 pontos, a maior queda de sempre num só dia na bolsa de Nova Iorque. 
 
Estamos agora a chegar ao fim de mais um período de 7 anos, terminando este ano "shemitah" exactamente no próximo dia:
 
- 13 de Setembro de 2015.
 
Certamente que, por calhar num Domingo, não haverá um crash na bolsa de Nova Iorque nesse dia, mas tal não significa que não possa ocorrer alguns dias antes...
 
Não querendo cair em especulações fáceis e precipitadas, a verdade é que há um crescente mal estar sentido entre muitos investidores e "gurus" da economia mundial, havendo entre eles alguns "profetas da desgraça" que anteviram com precisão os anteriores crashes na bolsa norte-americana, que, como se sabe, acabam por arrastar a economia do mundo inteiro.
 
15 DIAS EXTREMAMENTE AGITADOS
 
Logo depois do final deste "shemitah" - 13 de Setembro de 2015- ocorrerão 10 eventos para os quais os estudiosos das profecias bíblicas deverão prestar a maior atenção. Nem nós nem ninguém pode antever com certeza quais as consequências destes acontecimentos, sendo alguns deles até inéditos, mas tal não nos impede de nos precavermos em relação ao que de muito mau daí pode advir.
 
Só Deus conhece o futuro, mas Ele deu-nos sinais, pistas, e pontos de orientação para que possamos estar preparados a todo o momento para a súbita intervenção final de Deus na História. 
 
Disto estou certo: Deus está para intervir em breve, trazendo juízo sobre toda toda a humanidade
incrédula e rebelde, e libertação para o Seu povo eleito. Tal e qual aconteceu há cerca de 3,500 anos no antigo Egito.

DATAS A TER EM CONSIDERAÇÃO:

13 de Setembro - Novo Ano judaico, o "Rosh Hashanah";

15 de Setembro - Início da 70ª Assembleia Geral das Nações Unidas. Está prevista uma proposta da França para o reconhecimento de um "estado palestiniano" pelo Conselho de Segurança logo após o início dos trabalhos da Assembleia. Há fortes preocupações relacionadas com as mais recentes posições do presidente norte-americano Hussein Obama, cada vez mais próximo da aceitação de um estado palestiniano nas terras bíblicas de Israel.

20 a 26 de Setembro - "Semana Mundial pela Paz na Palestina Israel" promovida pelo "Concílio Mundial de Igrejas."

21 de Setembro - "Dia Internacional para a Paz" promovido pelas Nações Unidas. Será neste dia que o "estado palestino" é votado favoravelmente pelo conselho de segurança da ONU?

23 de Setembro - Dia da Expiação - Festa judaica "Yom Kippur"

23 de Setembro - O carismático chefe da Igreja Católica Romana - Francisco I - visitará Hussein Obama na Casa Branca, em Washington. Alguns especulam sobre o simbolismo da numerologia deste encontro: será o 266º papa a encontrar-se com o presidente norte-americano no 266º dia do ano...
Alguns lembram até que os dias da gestação entre a fecundação e o nascimento são 266, podendo antever-se o "nascimento" de algo novo a partir deste encontro entre estas 2 autoridades mundiais...

24 de Setembro - O chefe da Igreja Católica Romana irá dirigir-se ao mundo inteiro, através da sua intervenção pública numa sessão conjunta da ONU.

25 a 27 de Setembro - As Nações Unidas lançam o projeto denominado "Agenda 2030", a iniciar pelo próprio papa católico romano, visando questões ligadas às alterações climáticas e ambientais.
Esta agenda de âmbito global a lançar em Nova Iorque neste grande evento contará com a "bênção" de Francisco I e incluirá áreas de interesse vital como: questões ligadas à economia, saúde, educação, energia, agricultura, igualdade de género e muitos outros tópicos.
Fala-se inclusivamente que esta será uma autêntica "nova agenda universal" para a toda a humanidade.

28 de Setembro - Início da Festa bíblica dos Tabernáculos. Neste dia ocorrerá a última das 4tetrads - a lua vermelha que foi vista nos céus em 2014 e 2015, exactamente nos dias do início das Festas bíblicas da Páscoa e dos Tabernáculos. Ao contrário das outras, esta "lua vermelha" será perfeitamente visível em Jerusalém.

Só Deus sabe o que aí virá. Seremos a geração que verá "todos estes sinais"? Caminhamos rapidamente para a celebração dos 70 anos do estabelecimento do moderno estado de Israel (1948 70 anos = 2018), e para os 50 anos da recuperação da Cidade santa de Jerusalém (1967 50 anos = 2017). Lembremo-nos do significado simbólico destes dois números: 70 = uma geração; 50 = um jubileu.

Estejamos preparados e com os nossos corações rectos diante de Deus!

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/artigos/estaremos-a-beira-de-um-quotsetembro-negroquot.html

Catalunha pode proclamar independência sem avisar a Espanha

Segundo Jordi Sánchez, presidente da Assembleia Nacional Catalana (ANC), um dos partidos que defendem a independência desta comunidade autônoma espanhola, o governo regional pode aprovar uma Declaração Unilateral de Independência mesmo sem pactuar um referendo com o governo central.
A declaração foi feita por Sánchez no domingo, quando ele concedeu uma entrevista à Catalunya Ràdio. Acrescentou que, caso as eleições de 27 de Setembro sejam ganhas pelos independentistas, o parlamento regional deverá manter as negociações com Madrid sobre o referendo.
É no caso de ausência de um acordo que a Catalunha poderá lançar mão da opção de proclamação unilateral de independência.
O presidente da ANC insiste que um resultado das eleições positivo para a causa soberanista servirá como justificativa merecida para tal declaração. Contudo, reiterou que a declaração de independência não irá ser feita imediatamente depois das eleições.
“Provavelmente não será nos próximos meses, mas, se houver uma maioria independentista, o caminho será esse, não tenham dúvida”, frisou.
Já Joan Josep Nuet, da coalizão Catalunya Sí que es Pot (Catalunha Sim Pode), já reagiu dizendo que o bloco não apoiaria tal declaração unilateral, nem aceitaria Artur Mas (presidente atual da comunidade autônoma) ou algum outro membro do partido Convergència Democrática de Catalunya (CDC) como presidente.
Por sua parte, o candidato do Partido Popular de Catalunya (PPC), Xavier García Albiol, disse, citado pelo jornal El Periòdico de Catalunya, que o principal bloco independentista catalão, Junts pel Sí (Juntos pelo Sim), “insulta os catalães” ao não revelar a hierarquia do bloco no caso da sua vitória.
A coalizão Junts pel Sí foi criada em meados de julho para consolidar os esforços políticos do governo (CDC) e da oposição (Esquerra Republicana de Catalunya, ERC, partido liderado por Oriol Junqueras), ambos de tendência independentista.
A Junts pel Sí atua como uma lista de candidatos, tendo como prioridade a independência da Catalunha.
No final de semana, fontes locais informaram que em 2012, a Catalunha contribuía mais para a União Europeia do que a França.
Em 27 de setembro, a Catalunha celebrará as eleições antecipadas, anunciadas ainda no ano passado, depois do referendo independentista. Este foi qualificado como inconstitucional pelo governo espanhol, presidido pelo Mariano Rajoy, do conservador Partido Popular (PP).

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/catalunha-pode-proclamar-independencia-sem-avisar-espanha.html

Petição para a prisão de Netanyahu já conta com mais de 40 mil assinaturas

 
Um abaixo-assinado criado no Reino Unido pedindo a prisão do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, por supostos crimes de guerra cometidos no ano passado, superou a marca de 42 mil assinaturas nesta quarta-feira, segundo informou a mídia inglesa.
Netanyahu é aguardado no mês que vem em Londres, onde deverá se encontrar com representantes do governo da Grã-Bretanha. A petição, publicada na página do parlamento britânico, diz que o premier israelense deve ser detido assim que colocar os pés na capital da Inglaterra, citando as leis internacionais sobre crimes de guerra.  
Em julho de 2014, Israel lançou uma ofensiva militar na Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas, que resultou na morte de aproximadamente 2.200 palestinos, incluindo cerca de 550 crianças. Do lado israelense, foram registradas em torno de 70 baixas, principalmente de soldados das Forças Armadas. Os ataques, conhecidos como Operação Margem Protetora, foram motivados, segundo Tel Aviv, pelo sequestro e morte de três jovens israelenses, no mês anterior, por cidadãos palestinos, e duraram não mais do que sete semanas.
No final de junho deste ano, a Comissão Independente de Investigação das Nações Unidas encarregada de analisar a existência de violações durante esses conflitos em Gaza divulgou um relatório afirmando ter informações sobre possíveis crimes de guerra cometidos tanto por Israel quanto por grupos armados palestinos, notícia que irritou o governo israelense e o primeiro-ministro, Netanyahu, que acusou os investigadores de estarem sendo parciais.
Em 29 de julho, a Anistia Internacional acusou diretamente o Estado de Israel de cometer crimes de guerra durante uma ação para recuperar um de seus soldados em Rafah, no sul da Faixa de Gaza, entre os dias 1 e 4 de agosto de 2014. Essa operação, que ficou conhecida como "Sexta-Feira Negra", causou a morte de 135 civis e, segundo a Anistia, foi caracterizada por uma série de ataques desproporcionais e indiscriminados, que revelaram total indiferença pela vida de civis.
A petição britânica ficará disponível no site do parlamento até o dia 7 de fevereiro de 2016 e, segundo os seus autores, deverá recolher pelo menos 100 mil assinaturas para ser considerada pelos parlamentares.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/peticao-para-a-prisao-de-netanyahu-tem-mais-de-40-mil-assinat.html

Exercícios militares entre gigantes da Eurásia:

Manobras  navais internacionais por parte das marinhas de guerra russa e chinesa serão realizados no Mar do Japão na próxima semana. Marinheiros, fuzileiros navais e aeronavais pilotos dos dois países estarão treinando juntos em operações combinadas em um exercício de assalto anfíbio.
Um esquadrão chinês deixou o porto de Qingdao, na província de Shandong, no sábado e se dirigiu para Vladivostok da Rússia a participar no exercício naval bilateral a ser realizada em Pedro, o Grande Bay em agosto 20-28.
Uma fonte próxima à operação à agência de notícias Xinhua que os exercícios "não são dirigidos a terceiros e não são relevantes para o status quo regional", salientando que o exercício faz parte do programa de intercâmbio anual entre as forças armadas chinesas e russas.
A força-tarefa chinês vindo para Vladivostok compreende sete navios de guerra, seis helicópteros a bordo, cinco aviões, 21 veículos anfíbios e 200 marines. Frota do Pacífico da Rússia será representada com até 20 navios de guerra e navios de apoio, dois submarinos, 10 aviões de guerra, nove veículos anfíbios e também 200 fuzileiros navais.
Navios de guerra chineses estão definidas para estarem no porto de Vladivostok próxima quinta-feira, 20 de agosto Xinhua relatórios. Enquanto pagando visita ao porto de Vladivostok, navios chineses são esperados para ser abertos para visitantes civis.
As tropas  russas e chinesas, aeronaves e embarcações estarão operando em cinco grupos navais combinadas e quatro grupos da Força Aérea em águas territoriais russas e em águas neutras do Mar do Japão.
O Mar do Japão faz fronteira com quatro países Japão, Coréia do Norte, Coréia do Sul e Rússia. Até agora, a Marinha chinesa não tem participado em exercícios nesta área.
A principal tarefa declarada dos treinos será praticando proteção das comunicações navais, formação anti-submarino, exercício de defesa aérea e ações anti-navio.
Pela primeira vez na história o exercício naval irá incluir uma manobra de assalto anfíbio conjunta.
Treinamento naval do russo Frota do Pacífico e da Marinha do Exército Popular de Libertação da China é chamado Joint Mar-2015 (II) e será realizada ao largo da costa de Primorsky Krai, na região do Pacífico da Rússia, cerca de 650 quilômetros da costa do Japão.
A primeira parte, menor, do exercício de mar conjunta teve lugar no Mediterrâneo entre 11-21 maio deste ano.
Enquanto isso, Moscou concordou em participar de exercícios militares navais em conjunto com seus aliados na Ásia do Pacífico, no Mar do Sul da China disputado em Maio do próximo ano.
"Somos totalmente a favor de qualquer disputa no Mar do Sul da China, no Mar da China Oriental, em qualquer mar para que o assunto, a ser resolvida na base do direito internacional, incluindo, em primeiro lugar, a Lei da Convenção do Mar de 1982 , sobre a base da declaração assinada entre a China ea ASEAN [Associação das Nações do Sudeste Asiático] ", o chanceler russo, Sergey Lavrov, disse em entrevista à de Cingapura Channel News Asia, no início de agosto.
"Nesta base dos países diretamente envolvidos em qualquer disputa deve encontrar solução mutuamente aceitável, sem qualquer interferência externa", acrescentou Lavrov.

Fonte: http://www.rt.com/news/312582-russia-china-naval-drills/

Aproximando-se nova escalada das tensões no Leste da Ucrânia

Kiev coloca Forças Armadas em elevado alerta de prontidão, diz República Popular de Donetsk
Forças da Ucrânia foram colocadas em alerta elevado combate em Donbass, o porta-voz do Ministério da Defesa da República de Donetsk, Eduard Basurin, disse no sábado, citando inteligência.

O exército ucraniano está "fortalecendo seu combate potencial", enquanto o Norte está unilateralmente retirando armas de calibre inferior a 100 mm à distância de três quilômetros da linha de contato, Basurin disse à agência de notícias Donetsk.

Ministério da Defesa da DPR manifestou repetidamente preocupações sobre a escalada militar de Kiev em Donbass dizendo que isso é um movimento aparente para retomar ações de combate completas.

Fonte: http://tass.ru

Coréia do Norte voltar a ameaçar ataques contra os Estados Unidos

Coréia do Norte emitiu novas ameaças nucleares para os EUA dizendo que vai responder de acordo, se Washington não cancelar os exercícios militares com a Coreia do Sul. Pyongyang diz que está mais que pronta para usar suas últimas armas, que são "desconhecidas do mundo."
As manobras são devido a ter lugar segunda-feira e tornaram-se um evento anual para os EUA, Coreia do Sul e outros aliados, um fato que tem muitas vezes irritou a Coreia do Norte. Os exercícios, chamados Ulchi Freedom Guardian, visam "proteger a região e manter a estabilidade na península coreana", disse um comunicado do Comando de Forças Combinadas Coréia-EUA afirmou, citado pela CNN.
Como tem sido o caso no passado, Pyongyang mostrou o seu desagrado, mas a retórica que sai da nação secreto tem sido mais forte do que em anos anteriores.
"O exército e o povo da República Popular Democrática da Coreia (RPDC) não são mais o que costumavam ser no passado quando eles tiveram que combater as armas nucleares dos EUA com rifles", disse um porta-voz da Comissão de Defesa Nacional da Coreia do Norte (NDC) .
O porta-voz acrescentou que "a Coréia do Norte ... é o poder invencível equipado com [o] mais recente ofensiva e defensiva significa desconhecido para o mundo."
"Os novos exercícios militares conjuntos Ulchi Freedom Guardião são intensificadas, a mais forte oposição militar a [República Popular Democrática da Coreia] terá de lidar com eles", acrescentou.
A televisão estatal da Coreia do Norte tem vindo a tentar apresentar uma mensagem para as pessoas que os  militares do país estão em uma posição melhor agora para combater a ameaça percebida que é representado por os EUA e seus aliados. Relatos da mídia de Pyongyang chegou a afirmar que a Coréia do Norte estava pronto para atacar Washington em solo americano.
"Se [o] Estados Unidos querem que o seu continenteseja seguro", disse um newswoman para a estação de TV estatal, KCNA ", então o Guardião da Liberdade Ulchi deve parar imediatamente." A Coreia do Norte também ameaçou lançar "indiscriminados" ataques militares contra Coreia do Sul, Seul, a menos que pára de lançar transmissões de propaganda do outro lado da fronteira. Coreia do Sul começou a retomar o envio de mensagens de propaganda de rádio altos pela primeira vez em mais de uma década depois de um ataque de minas terrestres feriu gravemente dois soldados sul-coreanos. Seul culpou a Coreia do Norte pelos ataques.
No entanto, Pyongyang negou veementemente as acusações de que era responsável pelo incidente com mina, chamando-os de "absurdo", e seu comando fronteira exército linha de frente no sábado exigiram as transmissões de ser interrompida imediatamente ou risco "uma ação all-out da justiça militar para explodir todos os meios para 'guerra psicológica anti-Norte "em todas as áreas ao longo da frente", informou a AFP.
A ação envolverá "ataques indiscriminados que prevêem ainda possível desafio e escalada de ação contra", disse o comando em um comunicado divulgado pela agência de notícias KCNA oficial da Coréia do Norte.
Washington tem posto de lado os comentários que saem de Pyongyang, com um ex-general do Exército dos EUA, que tinham tomado anteriormente parte nos treinos Ulchi dizendo que o líder norte-coreano Kim Jong Un está apenas em busca de atenção por parte da comunidade internacional.
"Um dos objetivos principais do jovem líder é propaganda é estar apenas no radar de os EUA", disse o tenente-general aposentado Mark Hertling, que falava à CNN. "Com todas as outras coisas que estamos focados em - ISIS, a Al Qaeda na Península Arábica, Rússia e Ucrânia, etc., Kim Jong Un quer garantir que ele seja a atenção."
Os exercícios liderados pelos EUA envolvem Coreia do Sul, Austrália, Canadá, Colômbia, Dinamarca, França, Nova Zelândia e Reino Unido. As brocas são esperados para durar por 12 dias e se concluirá em 28 de agosto.
Fonte: http://www.rt.com/news/312570-north-korea-threats-usa/

Relógio do juízo final para a quebra do mercado mundial atinge um minuto para a meia-noite de como bancos centrais perdem o controle

China  dá sinais de desvalorização da moeda endgame deixando os mercados acionários livres para entrar em colapso sob o peso das expectativas impossíveis
 
A nuvem de cogumelo do primeiro teste de uma bomba de  hidrogênio é apenas uma questão de tempo antes que os mercados de ações em colapso sob o peso de suas expectativas elevadas e valorizações recordes. Foto: Reuters
Quando a crise bancária aleijado mercados globais, há sete anos, os banqueiros centrais entrou em cena como emprestadores de última instância. Perdulários de  empréstimos do setor privado foram transferidos para o balanço do setor público e vasta impressão de dinheiro deu um tempo da economia global para curar.
O tempo está a esgotar-se rapidamente agora. Da China para o Brasil, os bancos centrais perderam o controle e, ao mesmo tempo, a economia global está a ponto de paralisar. É apenas uma questão de tempo antes que os mercados de ações em colapso sob o peso de suas expectativas elevadas e valorizações recordes.
O FTSE 100 tem agora apagado seus ganhos para o ano, mas há sinais de que as coisas poderiam ficar muito pior.

 1 - China em desaceleração

A China foi o grande salvador da economia mundial em 2008. O lançamento de um pacote de estímulo sem precedentes provocou um boom de investimento de infra-estrutura. A demanda voraz por commodities para alimentar seu boom da construção arrastado mercados emergentes petróleo e rico em recursos.

 • Ambrose Evans-Pritchard: China não pode arriscar o caos global de desvalorização da moeda

 • Por que a China desvalorizou as renminbi

A economia chinesa já atingiu uma parede de tijolos. O crescimento económico tem mergulhado abaixo 7pc pela primeira vez em um quarto de século, de acordo com dados oficiais. Isso provavelmente significa que a economia real é muito mais fraca.
O Banco Popular da China exerceu várias medidas para estimular a economia sinalização. A taxa de endividamento foi reduzido durante os últimos 12 meses, a partir 6pc para 4.85pc. Optando por desvalorizar a moeda era um último recurso e sinalizou o grande era de crescimento chinês está se aproximando rapidamente o seu fim de jogo.
Os dados para as exportações apresentaram uma queda 8.9pc em julho em relação ao mesmo período um ano antes. Analistas esperavam exportações a cair única 0.3pc, portanto, este foi um enorme fracasso.
O mercado imobiliário chinês também está em uma situação perigosa. Os preços das casas caíram acentuadamente depois de décadas de crescimento constante. Para os milhões que sua riqueza armazenadas na propriedade, faz para vezes inquietantes.

 2 - colapso  da Commodity

A desaceleração  da China enviou ondas de choque nos mercados de commodities. O índice Bloomberg global de commodities, que acompanha os preços de 22 dos preços das commodities, caiu para níveis vistos pela última vez no início deste século.
O preço do petróleo é o barômetro mais pura do crescimento mundial como é o combustível que impulsiona quase toda a indústria e produção ao redor do globo.
O petróleo tipo Brent, a referência global para o petróleo, começou caindo mais uma vez depois de uma breve reunião no início do ano. Ele agora está pairando acima dos pontos baixos de multi-ano em cerca de US $ 50 por barril.
O minério de ferro é uma matéria-prima essencial necessária para alimentar as usinas de aço da China, e como tal é um bom indicador do boom da construção.
O preço de referência do minério de ferro caiu para US $ 56 por tonelada, menos de metade do seu nível de 140 dólares por tonelada em Janeiro de 2014.

 3 - Recursos do setor de crédito em crise 

Bilhões de dólares em empréstimos foram levantados nos mercados de capitais globais para financiar novas minas e exploração de petróleo que foi sempre apenas rentável a preços elevados anteriores.
Com os preços do petróleo e dos metais terem desmoronado, muitos destes projectos estão agora deficitária. Os empréstimos contraídos para fazer os projetos estão agora sob a água e os investidores podem não ver qualquer retorno.
Em nenhum outro lugar isso foi sentida de forma mais aguda do que a exploração de petróleo e gás de xisto em os EUA. Queda dos preços do petróleo apertou as finanças dos perfuradores dos EUA. Dois dos maiores emissores de títulos de alto risco nos últimos cinco anos, Chesapeake e Recursos Califórnia, viram o valor de seus títulos caem como apertos de pânico dos mercados de capitais.
À medida que mais necessidades de refinanciamento de dívida nos próximos anos, há um risco de contágio vai se espalhar rapidamente.

 4 - Dominó começam a cair

Os grandes adereços para a economia mundial estão agora a começar a cair. China vai em marcha à ré. E os mercados emergentes que consumiram muitos de nossos produtos são aleijados por desvalorização da moeda. Os Brics famosos do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, a quem o Ocidente deveria passar a tocha do crescimento económico, estão em diferentes estados de desordem.
 Os bancos centrais estão a perder rapidamente o controle. O mercado acionário chinês já caiu e desastre só foi evitado pelo governo comprando bilhões de ações. Os mercados de ações na Grécia estão em crise como a economia sofre uma parada eo país flerta com ejeção da zona do euro.
 No início deste ano, os investidores correram para a moeda porto-seguro do franco suíço, mas como um programa de flexibilização quantitativa 1100000000000 € desvalorizou o euro, o banco central suíço foi forçado a abandonar seu Peg de quatro anos para o euro.

 5 - Os mercados de crédito rolar
 
Como os bancos centrais ficar sem balas de prata, em seguida, os mercados de crédito estão desesperadamente tentando remarcar risco. The London Interbank Offered Rate (Libor), um guia de como alguns bancos britânicos estão preocupados sobre empréstimos uns aos outros, tem vindo a aumentar nos últimos 12 meses. Parte deste processo é um retorno saudável para os preços normais de risco após seis anos de estímulo monetário extraordinário. No entanto, como os sistemas de transmissão essenciais de empréstimos entre os bancos começam a tomar a tensão, é bem possível que seis anos de dependência de bancos centrais para os fundos deixou o sistema de crédito incapaz de lidar.
Investidores de crédito são muitas vezes muito melhor em risco de preços de investidores otimistas. Em os EUA, enquanto o S & P 500 (linha laranja) continua a subir, o mercado de dívida de alto rendimento já começou a cair drasticamente (linha branca).

 6 - choque de taxa de juros

As taxas de juros têm sido realizadas em mínimos de emergência no Reino Unido e dos Estados Unidos por cerca de seis anos. Os EUA é esperado para mover primeiro, com taxas começando a subir a partir de 0PC-0.25pc de hoje por volta do final do ano. Os investidores já começando a compra de dólares em antecipação de uma moeda dos EUA fortalecimento. Aumentos nas taxas de Reino Unido devem seguir logo após.

 7 - mercado de touro o terceiro maior já registrado

O mercado de ações do Reino Unido está em seu 77º mês de um mercado de touro, que começou em março de 2009. Em apenas duas outras ocasiões na história do mercado tem aumentado por mais tempo. Um deles é no período que antecedeu à Grande Bater em 1929 e outra antes do estouro da bolha pontocom no início da década de 2000.
Mercados do Reino Unido tem sido um beneficiário da enorme expansão do balanço em os EUA. US base monetária, uma medida de notas e moedas em circulação mais as reservas mantidas no banco central, mais do que quadruplicou de cerca de US $ 800 milhões a mais de 4000 bilião dólares desde 2008. O mercado de ações tem sido um beneficiário direto desse dinheiro e vai lutar agora que QE3 terminou.

 8 - Superestimado mercado dos EUA

Em os EUA, corrigido de variações cíclicas price earnings ratio do professor Robert Shiller - ou Shiller CAPE - para as S & P 500 estandes em 27,2, alguns 64pc acima de sua média histórica de 16,6. Em apenas três ocasiões desde 1882 tem sido superior - em 1929, 2000 e 2007.

Fonte: http://www.telegraph.co.uk

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...