quarta-feira, 15 de julho de 2015

Júpiter tem um gémeo.E a Terra ?

Astrónomos descobriram um planeta idêntico a Júpiter a orbitrar à volta de uma estrela idêntica ao Sol. O que pode indiciar a presença de um sistema planetário idêntico ao Sistema Solar. E uma 'Terra' gémea.
Uma equipa internacional de astrónomos identificou um planeta como Júpiter, a orbitar uma estrela do tipo do Sol, à mesma distância que o maior planeta do Sistema Solar está do "astro-rei", foi hoje divulgado.
A descoberta deste 'planeta gémeo' de Júpiter "é um marco importante", uma vez que pode indiciar a presença de um sistema planetário idêntico ao Sistema Solar, assinala em comunicado o Observatório Europeu do Sul (OES).
Segundo o OES, organização da qual Portugal faz parte, a estrela em questão, a HIP 11915, tem aproximadamente a mesma idade, bem como composição semelhante à do Sol, o que "sugere que possam existir planetas rochosos" como a Terra, "em órbitas mais próximas da estrela".
A nota lembra que, "de acordo com as teorias mais recentes, a arquitetura do Sistema Solar, tão propícia ao desenvolvimento de vida, foi possível graças à presença de Júpiter", o planeta mais exterior, e "da sua influência gravitacional no Sistema Solar durante a fase da sua formação".
O planeta extrassolar agora descoberto é, entre outros candidatos, o mais parecido com Júpiter, um gigante gasoso, devido à sua massa, à distância que orbita a sua estrela e à posição que ocupa no seu sistema planetário, que é "quase exatamente" a mesma que Júpiter tem no Sistema Solar. Pela sua composição, a HIP 11915 é considerada como 'estrela gémea' do Sol.
Para a investigação, a equipa de astrónomos liderada por Jorge Melendez, da Universidade de São Paulo, no Brasil, usou imagens captadas pelo instrumento HARPS do telescópio do OES do Observatório de La Silla, no Chile, vocacionado para "caçar" exoplanetas.
O planeta foi detetado medindo-se "o ligeiro movimento que induz na sua estrela hospedeira enquanto a orbita".
O estudo será publicado na revista Astronomy and Astrophysics.
 
Fonte: http://www.dn.pt/inicio/ciencia/interior.aspx?content_id=4682064&page=-1

Instituto do Templo lança campanha para criação de vacas vermelhas

O "Instituto do Templo", sediado em Jerusalém, afirma-se como a única organização que ao fim de 2 milênios está preparando a construção do Terceiro Templo de Jerusalém, tendo já no ano passado conseguido levantar 100 mil dólares para as despesas com os projetos relacionados com a arquitetura do mesmo.

Ao longo destes últimos anos, esta associação judaica já conseguiu produzir cerca de 60 artefatos semelhantes ao que eram usados nos rituais do Templo de Jerusalém, incluindo o peitoral com 12 pedras preciosas incrustadas que o sumo sacerdote usava ao peito quando entrava na presença do Eterno, no lugar mais sagrado do Templo, o "Santo dos santos."

Preparado está também o candelabro em ouro, com o peso total de cerca de meia tonelada, além dos instrumentos musicais para o coro levítico.

A NOVILHA VERMELHA

O Instituto lançou agora um arrojado projeto: levantar fundos para a criação em Israel da novilha vermelha, a qual, segundo a Lei do Antigo Testamento, terá de ter 3 anos de idade, com o pelo completamente vermelho, sem que hajam sequer 2 pelos de cor diferente em todo o seu corpo.

Esta novilha não pode ter qualquer mancha ou defeito, e nunca pode ser utilizada para qualquer espécie de trabalho.

O projeto da criação desta novilha será totalmente realizado em Israel, e já foi aprovado pelo Ministério da Agricultura do país.

O Instituto espera agora conseguir 125 mil dólares para a efetivação deste projeto.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/inst-templo-lanca-campanha-para-criacao-de-novilhas-vermelhas.html

Netanyahu diz que acordo nuclear com o Irão é um "erro histórico"

Primeiro-ministro de Israel critica pacto sobre programa nuclear iraniano, afirmando que este pavimenta o caminho para armas nucleares. Vice-ministra do Exterior classifica acordo de "capitulação do Ocidente".

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse nesta terça-feira (14/07) que o recém-anunciado acordo sobre o programa nuclear iraniano é um "grave erro de proporções históricas".

"Em todas as áreas em que se deveria evitar que o Irã tivesse capacidade de desenvolver armas nucleares, houve grandes concessões", divulgou o gabinete do primeiro-ministro israelense, citando suas palavras. "O Irã vai conseguir uma bolada de centenas de bilhões de dólares, o que vai possibilitar que o país continue a exercer sua agressão e terrorismo na região e no mundo. O Irã vai receber um caminho certo para as armas nucleares."

Miri Regev, ministra da Cultura e dos Esportes de Israel, disse que o acordo é "ruim para o mundo livre e para a humanidade", segundo a agência de notícias AP. Outro ministro teria dito que o acordo dá ao país "licença para matar".

A vice-ministra do Exterior de Israel, Tzipi Hotovely, por sua vez, disse no Twitter que o acordo com o Irã é "uma capitulação de proporções históricas do Ocidente ao eixo do mal liderado pelo Irã". Ela afirmou que Israel agiria "com todos os meios possíveis para tentar impedir que o acordo seja ratificado", sugerindo que o país pode tentar usar sua influência para barrar o acordo no Congresso dos EUA.

Israel tem liderado esforços para bloquear um acordo que retirasse as sanções impostas ao Irã. No passado, autoridades iranianas ameaçaram repetidamente destruir Israel, e o Irã também apoiou grupos de combate que atacaram Israel.

O acordo desta terça-feira foi alcançado entre Irã e o chamado grupo P5 1 - composto pelos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (EUA, Rússia, China, França e Reino Unido) mais a Alemanha - e prevê a suspensão de sanções impostas pelos Estados Unidos, União Europeia e ONU ao Irã em troca de restrições de longo prazo no programa nuclear iraniano. Estão previstas inspeções criteriosas e permanentes das Nações Unidas no país.

Diplomatas afirmam, no entanto, que o embargo das Nações Unidas, referente a armamento, continuará em vigor por mais cinco anos.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/acordo-nuclear-com-o-ira-e-quoterro-historicoquot-diz-netanyahu.html

Três motivos pelos quais se afirma que o 'Acordo da Dívida grega "é ruma armadilha da Alemanha

A Grécia está a salvo? Em todo o planeta, manchetes de notícias estão corajosamente proclamando que um "acordo" foi alcançado, que vai dar à Grécia o dinheiro que ele precisa e mantê-lo na zona do euro.
Mas, como você verá a seguir, isso não é verdade em tudo. Ontem, quando eu escrevi que "nunca ia ser qualquer coisa", eu não estava exagerando. Esse "acordo" não foi elaborado com a intenção de "salvar a Grécia". Como expliquei em meu artigo anterior, estas negociações foram todos sobre a criação de Grécia para despejo do euro. Você vê, a verdade é que a Grécia quer desesperadamente para permanecer no euro, mas a Alemanha (e aliados, como a Finlândia) quer a Grécia fora. Dado que a Alemanha não pode simplesmente pedir a Grécia a sair do euro, eles precisam de algum tipo de quadro legal que irá torná-lo possível, e é isso que este novo "acordo", prevê. Como eu estou a ponto de explicar, existem todos os tipos de condições que devem ser satisfeitas e obstáculos que devem ser ultrapassados ​​antes da Grécia nunca vê um único centavo. Se houver um único soluço ao longo do caminho, e é isso que os alemães estão contando com, Grécia será ejetado da zona do euro. Este "negócio" foi concebido para deixar para que os alemães podem conseguir o que queria o tempo todo. Eu acho que três palavras muito famosas de Almirante Ackbar resumir muito bem a situação: "É uma armadilha!"

Então, por que é esse "acordo da dívida grega" realmente uma armadilha alemão?

A seguir estão três razões grandes ...

# 1 A "Deal" foi projetado para ser rejeitado pelo Parlamento grego

Se a Alemanha realmente queria salvar a Grécia, eles teriam feito isso. Em vez disso, agora eles têm forçado primeiro-ministro grego Alexis Tsipras para concordar com muito, termos de austeridade muito mais duras do que os eleitores gregos esmagadoramente rejeitados durante o recente referendo por uma votação de 61 por cento para 39 por cento. Tsipras só foi dada até quarta-feira para passar um monte de novas leis, e mais uma semana para fazer uma outra série de importantes mudanças econômicas. A seguir vem da CNN ...
Grécia tem de passar rapidamente uma série de novas leis. Primeiro-Ministro Alexis Tsipras tem até quarta-feira para convencer o Parlamento a passar os primeiros, incluindo cortes de pensões e impostos mais altos.
Assumindo que acontece, os legisladores gregos têm mais uma semana, até 22 de Julho, a promulgar um outro lote de mudanças econômicas. Estes incluem adoção de regras da União Europeia sobre como gerenciar bancos em crise, e fazer uma grande reformulação para torná tribunais civis da Grécia mais rápido e eficiente.

Tsipras pode realmente ter tudo isso feito em um curto espaço de tempo?

Os alemães estão esperando que ele não pode. E já, dois dos parceiros de coalizão do Syriza declararam publicamente que eles não têm nenhuma intenção de votar a favor deste "negócio". O que se segue é de uma reportagem da Bloomberg ...
O descontentamento fervidas como Tsipras chegou na capital grega. Esquerda Platform, uma facção dentro Syriza, e seus parceiros de coalizão, o Partido Independente gregos, tanto sinalizou que não vai ser capaz de suportar o negócio. Essa oposição só iria acabar com 12 assentos da maioria no parlamento Tsipras, forçando-o a confiar em votos da oposição para levar o dia.
Os termos do "acordo" não são extremamente draconiana porque os alemães querem destruir a soberania grega como muitos estão sugerindo. Em vez disso, eles são projetados para provocar uma reação extremamente negativa na Grécia de modo a que os gregos vão voluntariamente optar por rejeitar o negócio e, assim, ser expulso do euro.
E isso é o que estamos vendo. Até agora, a resposta do público grego para este negócio tem sido extremamente negativo ...
Haralambos Rouliskos, um economista de 60 anos de idade, que estava andando em Atenas, descreveu o acordo como "miséria, humilhação e escravidão".
Katerina Katsaba, uma trabalhadora de 52 anos de idade para uma empresa farmacêutica, disse: "Eu não sou a favor deste negócio. Eu sei que eles (os credores da zona do euro) estão tentando nos chantagear. "
Na quarta-feira, o sindicato dos trabalhadores públicos gregos tem ainda convocou uma greve de 24 horas para protestar contra esse "acordo" ...
Trabalhadores públicos da Grécia estão sendo chamados para encenar uma greve de 24 horas na quarta-feira, o dia parlamento do seu país é votar sobre as reformas necessárias para desbloquear o plano de bankster zona do euro concordaram em pelo primeiro-ministro grego Alex Tsipras.
Sua união, ADEDY, pediu a paralisação em um comunicado divulgado hoje, dizendo que era contra o acordo alcançado com a zona do euro.
O governo grego não é garantido todo o dinheiro agora.
De acordo com a Bloomberg, o governo grego deve passar todas as leis que estão sendo impostas pela UE "antes da Grécia pode até iniciar as negociações com os credores para acessar um terceiro resgate internacional em cinco anos."
Os alemães e seus aliados estão realmente esperando que há uma folga enorme na Grécia e que Tsipras não consegue obter este pacote empurrado através do parlamento grego. Se isso acontecer, a Grécia fica ejetado do euro, e que a Alemanha não olhar como o cara mau.

# 2, mesmo se o "Deal" Milagrosamente Obtém através do Parlamento grego, não pode sobreviver outros parlamentos europeus

O parlamento grego não é o único órgão legislativo que deve aprovar este novo negócio. Os parlamentos alemão e finlandês (entre outros) também deve aprová-lo. Segundo a EUA Hoje, ele está sendo projetado que os parlamentos alemão e finlandês provavelmente votará sobre este novo acordo na quinta-feira ou sexta-feira ...
Quinta-feira / sexta-feira julho 16/17: parlamentos da zona do euro também devem concordar com o plano da Grécia para 95.000 milhões dólares de resgate. As maiores testes podem vir da Finlândia e da Alemanha, duas nações especialmente crítico da manipulação da Grécia da crise. Berlim mais tem contribuído para empréstimos da Grécia.

Alemanha ou a Finlândia poderia matar todo o "negócio" com um único voto "não".

O ministro das Finanças finlandês Alexander Stubb já declarou que a Finlândia "não pode concordar" com um novo resgate para a Grécia, e é altamente questionável se o Parlamento alemão vai dar-lhe aprovação.
Eu acho que os alemães e seus aliados prefiro muito mais para os gregos a rejeitar o negócio e ir embora, mas ele pode vir para baixo para um desses parlamentos desenham uma linha na areia.

# 3 O acordo faz Implementação extraordinariamente difícil

Se a Grécia não consegue viver de acordo com todas e cada uma das medidas draconianas extremamente exigidos no "negócio", que será iniciado a partir da zona do euro.
E se você der uma olhada no que está sendo exigido deles, é extremamente irrealista. Aqui é apenas um exemplo ...
Por exemplo, o governo grego concordou em transferir até 50 bilhões de euros de ativos gregos para um fundo independente que irá levantar o dinheiro da privatização.
De acordo com o documento, € 25000000000 deste fundo será vertida para os bancos, 12,5 bilhões serão usados ​​para saldar a dívida, e os restantes 12,5 bilhões para impulsionar a economia através do investimento.
O fundo será baseado na Grécia e executado pelos gregos, mas com a supervisão de autoridades europeias.
Onde no mundo é o governo grego vai encontrar 50 bilhões de euros ativos neste momento? O governo grego está falido e os bancos estão insolventes.
Mas se não encontrar 50 bilhões de euros de ativos, eles violaram o acordo e eles se iniciado.
Essa coisa toda é sobre a criação de Grécia para a insuficiência de modo que não é uma desculpa legal para arrancar-los fora do euro.
E, na verdade, quase aconteceu muito cedo na segunda-feira de manhã. A seguir vem de Business Insider ...
Como o FT diz que, a chanceler alemã Angela Merkel eo primeiro-ministro grego Alexis Tsipras subiu de suas cadeiras no 06:00 na segunda-feira e se dirigiu para a porta, renunciou a uma saída da Grécia da euro.
"Desculpe, mas não há nenhuma maneira que você está deixando esta sala", disse o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, supostamente.
E assim um Grexit foi evitado.
Para o momento, a Grécia supostamente sido "salvo".
Mas qualquer um que acredita que esta crise é "over" está apenas a ser delirante.
Os alemães e seus aliados têm atraído com sucesso o governo grego para uma armadilha. Graças a Tsipras, eles foram entregues a um quadro legal para se livrar da Grécia.
Tudo que tem que fazer agora é esperar pelo momento certo para lançar a armadilha, e ele só poderia acontecer muito mais cedo do que muita gente pode pensar.
 
Fonte: http://undhorizontenews2.blogspot.pt/

domingo, 12 de julho de 2015

O..."Padre que esmaga demónios em missas de libertação"

Padre “esmaga” demônios em missas de libertaçãoO monsenhor Joaquim José Stein, 70 anos, tem feito sessões de exorcismo em São Paulo na igreja Nossa Senhora do Paraíso, a poucos metros da famosa Avenida Paulista.
O religioso segue um dos ramos do catolicismo, mas é independente da Arquidiocese de São Paulo, tendo a liberdade de fazer as missas de cura e libertação.
Entre as frases mais ditas pelo padre está a ordenança aos espíritos: “Em nome de Jesus, saia pelas mãos, pelos pés, pela boca!”. Muitos fiéis participam da missa com o objectivo de se livrarem de seus males.
Os assistentes de Stein se vestem de branco e prestam todo apoio para que a sessão de libertação aconteça, incluindo as rezas para a “cura do mal, para a protecção contra a maledicência, cura de doenças e enfermidades, ressentimentos e traumas”.
Algumas pessoas chegam a ficar deitadas no chão, o padre exorcista diz que se trata de uma “experiência de um dom do repouso no Espírito Santo”, elas ficam em um momento de relaxamento, algo parecido com o que acontece em cultos de igrejas neopentecostais.
Mas a sessão de exorcismo segue, Stein ordena para que os espíritos saiam e chega a colocar o pé no peito de quem está estendido no chão para expulsar o mal. “O mal não quer ser pisado, então eu o humilho com o poder do Espírito Santo”, declara.
Em entrevista à Folha de São Paulo o padre exorcista disse que também usa os pés por não ter mais mobilidade, por conta da idade, para se abaixar e orar sobre o fiel deitado.
Mesmo sendo chamado de exorcista, o padre explica que o que ele fez é cura e libertação de problemas psíquicos e espirituais e que o termo “exorcista” não é errado. “No fim é a mesma coisa”, relata.
O ritual está ligado à Renovação Carismática, corrente católica que tem uma linguagem muito parecida com a de igrejas evangélicas, por isso há tantos elementos em comum entre a missa de Stein e cultos de libertação.

Fonte: http://portugalmisterioso.blogspot.pt/

Crop Circle - Belissimo pictograma "Maia Tzolkin" aparece próximo de Stonehenge

Um novo Crop Circle fez sua aparição na noite entre 10 e 11 de Julho de 2015, nas áreas de Winterbourne Stoke para baixo, perto de Stonehenge.
Formação diâmetro circular de cerca de 100 metros foi visitado por alguns pesquisadores, como Matthew Williams, que com o seu "drone" gravou imagens espetaculares que apresentamos a seguir. O caçador de Crop Circles MrGyro, fez uma filmagem bonita, com seu quadricopter, formação de voo.
Como mencionado acima, o Crop Circle apareceu não muito longe do sítio arqueológico de Stonehenge e consiste em uma grande foice ou o corte de uma parte crescente, a uma central, consiste de uma estrela de 4 pontas. Então, aqui também uma foice ou crescente, a assinatura dos criadores dos círculos, o mesmo que as formações anteriores, os de  Stoford (Wiltshire) 16 de junho de 2015, de Stonehenge em 24 de junho de Nunton Dirigi a 9 de julho.
Externamente, dentro do círculo exterior da estrela, eles são reconhecíveis treze hífens ou segmentos que podem representar o calendário maia famoso Tzolkin. O calendário, também chamado de "Sacred Tzolkin" é de fato um calendário sagrado, uma medida da Terra a Vênus, 260 dias ou energias que vêm de multiplicação de 20 dias após o mês maia para a semana, que é de 13 dias.
O primeiro (20) são produtos da convergência dos atuais 10 e 10 de energia correntes telúricas cósmicas, o outro (13) das principais tendências econômicas do ser humano. É por isso que o número 20 é chamado em maia WINAK, que significa "UMA PESSOA". O Winal ou Winak, mês maia, também em conexão com os 20 dedos da mão humana 10, ligados ao cosmos, e 10 pés, em contato com a Mãe Terra, o coração da terra atual e do coração da terra o céu. Para 20 dias (ou energias) é preceder dígitos de '1 a 13, obtendo-se assim a unidade de calendário de 260 dias, após o que volta a repetir a contagem sem interrupção.
Este sistema de medição não inclui as posições do sol, da lua ou as estrelas, é uma energia calendário-dimensional (vibracional). Segundo o pesquisador Arguelles, o calendário sagrado Tzolkin é dividido em segmentos espaço-tempo de 13 dias, chamado Ondas charmoso, porque o tempo é um conceito que monta como uma onda.
13 é o número mágico porque 13 são os tipos de vibrações captadas pelos Maias e informou sobre a pedra do sol. Isso significa que estudar a transmissão de manchas solares, essa população antiga tinha distintos 13 tonalidades diferentes de energia que se repetem um após o outro, começar de novo, em ordem e dando uma característica específica para o dia em que eles se referem.
Os 13 tipos diferentes de energia, chamados os tons galácticos são: 

1 = magnética, porque atrai 
2 = lua, é a polaridade, uma coisa e o seu oposto 
3 =  elétrica, o que dá uma fruta que produz um 
4 = auto-existente, que dá forma às coisas que fazemos 
5 = som harmônico, que emana uma força 
6 = rítmica, na sequência de um equilíbrio, um movimento que leva ao equilíbrio 
7 = ressonante (estamos no meio da lista, Onda Encantada, estamos no Canal da Mancha Recepção), que canaliza 
8 =  Galático, tem haver com a ética 
9 = sol, emanando uma intenção com a vontade 
10 = planetário, ligada ao acontecimento, na realidade, 
11 = espectral, ligado ao desvanecimento do formulário, a emanação uma energia inerente 
12 = cristal, ligada à ação do Terra, que é de cristal, ligado a partilha entre seres humanos 
13 = cósmica ligada à transcendência, isto é, quando alcançamos um objetivo e vencer, se preparando para enfrentar algo novo, um nova Onda Encantada.
Obviamente, o Crop Circle com sua estrela central poderia ser um evento específico de uma energia das ondas vibracional-dimensional. Ou ele é um "sinal" em um evento global futuro, o que vai acontecer muito em breve?
Este não podemos saber, mas, aparentemente por mudanças climáticas, erupções vulcânicas, terremotos, furacões e inundações que estão atingindo a Terra, não estamos vivendo um belo periodo. O Crop Circle de Winterbourne muito perto de Stonehenge, poderia marcar o início ou fim de um período de grande mudança, que em parte já esta acontecendo.
Massimo F.


Fonte: http://www.segnidalcielo.it/crop-circle-2015-bellissimo-pittogramma-maya-tzolkin-compare-vicino-stonehenge/

Israel reunifica as suas forças de elite para combater o Estado Islâmico

O inimigo agora chama-se:"estado islâmico", mais conhecido como "ISIS". E já está às portas de Israel. Aliás, já a própria bandeira deste movimento terrorista islâmico foi vista no próprio Monte do Templo, em Jerusalém, a capital de Israel.
Os recentes confrontos no Sinai, perto da fronteira com Gaza e Israel, em que as forças do "ISIS" mataram várias dezenas de polícias egípcios, demonstram o quão ávidos estão os militantes do"estado islâmico" em tomar o controle de Gaza, combatendo o próprio Hamas naquele território, para mais tarde avançarem para dentro do território israelita e, segundo propagam, chegar até Jerusalém.
No passado dia 3 de Julho, forças do "estado islâmico" já presentes em Gaza dispararam 3 mísseis "Grad" contra o território israelita, levando a que várias zonas no sul de Israel tenham já sido declaradas como "áreas militares restritas."
O "ISIS" e seus párias estão a todo o custo a tentar roubar território aos vizinhos de Israel para estabelecerem o califado, o "estado islâmico", já uma realidade em grandes partes da Síria e do Iraque. E não negam a intenção de entrar em Israel pelas várias fronteiras do país. Esta ameaça já foi confirmada pelas Forças de Defesa de Israel.
Na passada Segunda-Feira, um dos mais importantes generais israelitas revelou a resposta que o seu país está preparando para confrontar a ameaça terrorista do "ISIS." Trata-se da organização de uma força conjunta militar de comandos, especialmente treinada para combater o "ISIS", algo que os norte-americanos têm andado a evitar fazer na Síria e no Iraque, mas que Israel tem que obrigatoriamente organizar, uma vez que está em causa a paz e a segurança das suas populações.
Esta nova brigada de comandos está sendo treinada para acções ousadas, contudo ocultas, contra grupos terroristas em operação e que ameaçam a estabilidade egípcia no Sinai e a fronteira Sul de Israel. Estas acções serão coordenadas conjuntamente pelo Egipto e Israel.
Este temível grupo de elite agora em formação em Israel usará métodos usados pelos próprios terroristas no terreno, indo ainda mais longe do que aquilo a que estamos habituados a ver na TV...

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/guerras/israel-reunifica-as-suas-forcas-de-elite-para-combater-o-quotisisquot.html

Irão aproxima-se de acordo histórico sobre programa nuclear

Depois de uma maratona de negociações de duas semanas, o Irã e seis potências mundiais pareciam estar perto de um histórico que reduziria as sanções a Teerã em troca de uma redução de seu programa atômico, disseram diplomatas neste domingo.
O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, alertou, no entanto, que alguns tópicos difíceis continuavam sobre a mesa no décimo sexto dia de negociações ministeriais entre Irã, EUA, Grã-Bretanha, França, Alemanha, Rússia e China.
"Eu acho que nós estamos chegando a algumas decisões reais", disse Kerry a repórteres em Viena, onde as negociações ocorrem. "Portanto, vou dizer que, apesar de ainda termos algumas coisas duras para realizar, permaneço esperançoso. Esperançoso".
Diversos diplomatas próximos das negociações disseram que o acordo que encerraria mais de um ano e meio de tratativas poderia ser fechado ainda neste domingo.
Em um sinal de que algo pode estar sendo preparado, os ministros de relações exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e da China, Wang Yi, deverão se juntar às negociações.
O ministro francês Laurent Fabius disse esperar que as negociações estejam finalmente chegando ao fim.
"Eu espero, eu espero, que nós estejamos finalmente entrando na fase final desta maratona de negociações", afirmou ele a repórteres depois de retornar de uma reunião de emergência em Paris que tratou da crise da dívida grega.
Uma autoridade sênior do Irã disse que o acordo está próximo. "O acordo está a nosso alcance hoje", disse o oficial iraniano à Reuters. "Contudo, alguns assuntos ainda precisam ser resolvidos pelos ministros." O Irã e as seis potências envolvidas nas conversas deram a si próprios um prazo até segunda-feira para alcançar o acordo.

Fonte:http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/ira-se-aproxima-de-acordo-historico-sobre-programa-nuclear.html

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Teoria afirma que alienígenas vieram à Terra na década de 1970 em busca de petróleo

Ufólogos ficaram divididos após uma série de fotos, supostamente tiradas por militares num submarino norte-americano em março de 1971, terem surgido recentemente.
Segundo informações do "Daily Mail", para alguns as imagens, publicadas numa revista francesa da época, provam testes secretos feitos pelos Estados Unidos. Para outros, as fotos são a evidência de que alienígenas estiveram entre os humanos em busca de petróleo.
De acordo com Alex Mistretta, um investigador de eventos paranormais, o registo foi feito pelo submarino quando estava no mar entre a Islândia e a Noruega. 
Apesar do rebuliço sobre o caso, o escritor Nigel Watson, conhecido por pesquisas sobre vida extraterrestre, afirmou que não acredita na autenticidade das imagens. 
"Existem relatos de dirigíveis ou naves em 'formato de charuto' desde 1896, quando houve uma grande onda de avistamentos de 'dirigíveis fantasmas nos EUA", explica ele. "Eles certamente têm ufólogos a coçar a cabeça e se perguntando que os alienígenas têm uma base nas regiões árticas".
 
Fonte: http://www.redetv.uol.com.br/jornalismo/da-para-acreditar/teoria-afirma-que-alienigenas-vieram-a-terra-na-decada-de-1970-em-busca-de-

Rússia teme eclosão de conflito na Transnístria

O fato de nem um único soldado da paz tenha morrido desde o início da operação prova que tem sido eficaz, Sergey Gubarev, embaixador em geral do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, disse TASS

Experiências sugerem que insectos têm sentimentos

sim, insetos têm emoção! (Foto: Mark Seton / flickr/ creative commons)
Pra quem tem um bichinho de estimação é fácil acreditar que os animais têm sentimentos, mas foi só 2012 que os cientistas concordaram que os animais são seres conscientes. Foi descoberto e comprovado, por exemplo, que os cães são extremamente complexos, e sentem emoções humanas, como a inveja. Mas o que dizer de insetos?

O que é emoção?

Antes de tudo, vamos falar do conceito de emoção. A definição universal para a “emoção”, que é igualmente aplicável em todas as áreas acadêmicas (da neurociência à psicologia à filosofia), tem sido quase impossível de alcançar. Joseph LeDoux, neurocientista, já sugeriu apagar a palavra "emoção" do vocabulário científico.
Embora haja centenas de significados diferentes para a emoção, a definição mais universal que poderíamos encontrar é originária de um artigo chamado “emoção, cognição e comportamento”: "(...) as emoções incluem (mas não estão limitados a) certos comportamentos expressivos que estão associados com estados cerebrais internas que nós, como seres humanos, subjetivamente experimentamos como 'sentimentos'". Muito vago! E ainda limita emoções a seres humanos.
Basicamente, as emoções são detectadas pelos nossos cérebros, por meio de mapas neurais do corpo, e transmitidas para nosso organismo em forma de sentimentos. Isso vale para as emoções primordiais como o desejo sexual, bem como as emoções mais complexas e sociais, como constrangimento.

Experiência com abelhas

Um exemplo fantástico de comportamento emotivo de insetos surgiu de uma experiência com abelhas.
Emoções influenciam nossas percepções e comportamento. Imagine que sua casa foi saqueada por assaltantes e você está em choque e com muita raiva. Você está tão triste que nada te anima, nem seus amigos. Na verdade, nem sua comida favorita parece tão gostosa  assim.
Isso é exatamente o que acontece com as abelhas. As abelhas foram colocadas perto de uma lâmina de ventilador em movimento durante um minuto para simular um ataque de texugo à colmeia e deixar as abelhas com raiva. Depois, foram jogados produtos químicos a fim de acalmá-las, mas a técnica não deu muito certo.
As abelhas que ficaram abaladas com a “invasão” não reagiam aos químicos que simulavam um cheiro apetitoso. Além disso, houve mudanças emocionais relevantes nos níveis de neurotransmissores nas abelhas abaladas e alteração dos níveis de serotonina e dopamina. Isso pode explicar porque mexer em uma colmeia não é uma ideia tão boa assim: isso deixa as abelhas furiosas! E raiva é uma emoção.
abelhas (Foto: Andy Murray / flickr / creative commons)

Experiência com moscas 

Uma experiência semelhante foi realizada com moscas famintas. Desta vez, os pesquisadores tentaram induzir medo primitivo, lançando uma sombra sobre as moscas a fim de simular a presença de um predador aéreo - bem como os seres humanos sentem medo ao ouvir um tiro.
Quando o falso predador foi introduzido e, em seguida, removido, os níveis de ansiedade aumentaram potencialmente nas moscas famintas, que ignoravam completamente seus alimentos. Isso sugere que um estado de emoção afeta o comportamento.

Insetos sentem empatia?

Em um experimento recente com tatus-bola, cientistas mostraram a capacidade de empatia com o semelhante. Os pesquisadores demonstraram um tatu-bola calmo acabava influenciando seus companheiros, os deixando mais calmos e animados.
Mas isso pode ser apenas uma imitação de comportamento, em oposição a um processo de correspondência e reconhecimento emocional. Quando um cachorro late - algo que interpretamos como uma forma de desconforto -, ele faz com que outros cães façam o mesmo. Outro estudo comprovou que esse comportamento dos animais é muito mais próximo de algo como imitação comportamental do que com empatia.

Mas afinal, os insetos têm emoções?

Não se pode afirmar com certeza. Ainda tem muito o que ser estudado, embora essas primeiras experiências certamente definam as bases para um futuro onde nós reconheceremos que todos os animais têm emoções em algum grau. Em 1872, Charles Darwin, pai da teoria da seleção natural e da evolução, já afirmava: "mesmo os insetos expressam raiva, terror, ciúme e amor”.

Fonte: http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2015/07/experiencias-sugerem-que-insetos-tem-sentimentos.html

Cientistas descobrem escultura milenar que dizem ser extra-terrestre

Editora Globo
Uma escultura cravada em um meteoro já seria suficiente para virar notícia. Se essa mesma escultura tiver sido alvo de uma expedição nazista meses antes da II Guerra Mundial estourar, já começa a entrar em um nível de surrealismo que mais parece com uma piada nonsense. Pois é. Olha a realidade surpreendendo a todos novamente.

Com 24 centímetros de altura, a origem da estatueta é rodeada de mistério e a única certeza que os cientistas cravam sem medo de errar não é menos intrigante: ela é extraterrestre, sim senhor. Ela foi esculpida em um fragmento do meteoro Chinga, que caiu entre a Rússia e a Mongólia em algum momento entre 10 e 20 mil anos atrás. Pessoas em busca de ouro acharam os primeiros detritos do meteorito em 1913, mas pesquisadores acreditam que a peça que originou a escultura foi recolhida por alguém muito tempo antes. Os cientistas acreditam que o artesão, em algum momento, deve ter reparado que se tratava de algo especial, já que se trata de um material absurdamente duro.

De acordo com Elmar Buchner, da Universidade de Stuttgart, na Alemanha, a peça provavelmente representa o deus budista Vaiśravaṇa e a hipótese mais provável é que tenha sido criada por membros da cultura Bon, uma antiga religião tibetana que, segundo alguns, seria uma das precedentes do budismo. A coisa fica mística quando pensamos que algo tão esotérico e antigo foi feito de um material que passou sabe-se lá quantos milhões de anos vagando pelo Universo. A coisa fica bizarra quando os nazistas entram no meio da história.

Se você reparar bem, vai ver um desenho na barriga do deus. Ele lembra muito uma suástica invertida. Esse emblema representa a bondade na cultura budista e os nazistas, um pessoal que não entrou na História por ser particularmente bondoso, escolheu a versão invertida - que representa a ideia de violência e poder - para simbolizar a ideologia deles. Não há como afirmar com certeza, mas os pesquisadores acreditam que essa coincidência motivou a expedição que nazista que levou a estatueta para a Alemanha, onde está até hoje


Fonte: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI320079-17770,00-CIENTISTAS+DESCOBREM+QUE+ESCULTURA+MILENAR+E+EXTRATERRESTRE.html

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Expert fala sobre evidências de reencarnação e vidas passadas

Dr. Jim Tucker (Dan Addison/University of Virginia Public Affairs/Audio Visual Dept.)O universo é cheio de mistérios que desafiam o nosso conhecimento atual. Em “Além da Ciência”, o Epoch Times coleta histórias sobre alguns estranhos fenômenos para estimular a imaginação e abrir a mente para novas possibilidades. Elas são reais? Você decide.
O Dr. Jim Tucker teve o privilégio de ser lecionado por estudiosos reconhecidos mundialmente. Seu antecessor em estudos de reencarnação na Universidade de Virgínia, o Dr. Ian Stevenson (1918-2007), ganhou o respeito da Comunidade Americana de Ciência por suas análises sóbrias, mesmo que não tenha convencido a todos de que a reencarnação definitivamente exista.
Mesmo estando nos EUA, grande parte de suas pesquisas foram realizadas na Ásia. Agora, o Dr. Tucker está trazendo a pesquisa para a América, um movimento com tantos benefícios quanto desafios.
Aqui você não encontra facilmente um Budista disposto a falar sobre vidas passadas, ou alguém disposto a ouvir o que seu filho tem a dizer sobre vidas passadas.
O Dr. Stevenson documentou milhares de casos de crianças que pareciam lembrar de suas vidas passadas, e algumas ‘lembranças’ eram tão precisas que Stevenson pôde rastrear as encarnações passadas. Ele encontrou relatórios médicos e outros documentos que confirmam os relatos que as crianças deram sobre suas vidas passadas. Estes são chamados de casos de reencarnação “resolvidos”.
Entretanto, os casos asiáticos convincentes correm o risco de serem rotulados na América como sendo influenciados psicologicamente pela crença local.
Nos EUA, se uma criança fala sobre outra mãe, neto ou sobre o fogo no qual ela morreu, os pais não são tão ágeis para pensar que é uma possível memória de vidas passadas.
A preocupação de que a família pode ter influenciado a criança com perguntas ou conversas sobre vidas passadas não acontece nos EUA. “Nós não temos a preocupação com fatores culturais, que são grandes influenciadores em casos asiáticos”, disse o Dr. Tucker.
Quando ninguém está procurando por memórias de vidas passadas, elas são mais difíceis de serem encontradas. Porém, o Dr. Tucker já realizou grandes estudos nos EUA, incluindo alguns casos resolvidos que podem ser comparados com aqueles encontrados pelo Dr. Stevenson na Ásia.
Longe de promover conversas sobre vidas passadas, algumas famílias americanas que o Dr. Tucker trabalhou já foram totalmente contra essa crença. Só depois de surgir evidências convincentes sobre memórias de vidas passadas, evidências fortes o suficiente para fazer pais céticos acreditarem, que o Dr. Tucker passou ouvi-los.
Por exemplo, um cristão evangélico em Louisiana, que era completamente resistente à ideia de reencarnação, foi convencido pelo seu filho a partir de detalhes que ele deu.
Quando seu filho, James Leininger, tinha 2 anos de idade, ele começou a ter pesadelos horríveis com quedas de avião. O menino disse que foi derrubado pelos japoneses, que seu avião decolou do navio Natoma, e que ele tinha um amigo chamado Jack Larson. Ele também identificou o local onde caiu o avião, na ilha Iwo Jima, através de uma foto.
Iwo Jima é uma ilha que os EUA lutou para capturar em 1945. O Natoma estava realmente envolvido na batalha pela Iwo Jima. Um piloto morreu nesta batalha, e um outro piloto chamado Jack Larson também estava em Iwo Jima.
Leininger começou dizendo que ele era o terceiro James. O piloto que morreu na batalha por Iwo Jima era chamado James Huston Jr. Isso tornaria James Leininger o terceiro James, se ele realmente for a reencarnação do piloto.
Dr. Tucker teve uma criação católica. Quando questionado sobre como sua família se sente sobre sua pesquisa, ele disse, “eu não sei ao certo como eles se sentem sobre isso”. Sua mãe dá suporte, embora ele ache que ela não está convencida de que a reencarnação exista. Sua esposa e seus filhos dão todo apoio.
Ele também tem sorte de trabalhar com colegas que o apoiam. A divisão de estudos sobre Percepção na Universidade de Virginia reúne pesquisadores que investigam experiência de quase morte, aparições, visões no leito da morte e outros temas relacionados à consciência humana.
“Você nunca sabe quem vai ser receptivo sobre isso”, disse o Dr. Tucker. “É diferente, com certeza, mas eu acho que estamos abordando o tema a partir de uma perspectiva racional e funciona assim para qualquer abordagem científica de curiosidade, tentando aprender sobre o que está acontecendo sem ter qualquer ideia preconcebida.”
Ele também realiza pesquisas convencionais ao lado de seus estudos sobre reencarnação. Os métodos convencionais de investigação científica são capazes de medir fenômenos com uma certa certeza, mas o Dr. Tucker disse que há muitos assuntos importantes que não se estuda da maneira convencional. No entanto, eles ainda devem ser explorados.

Os benefícios da pesquisa sobre reencarnação

A pesquisa sobre reencarnação pode ajudar algumas crianças que estão passando por momentos difíceis a lidar com memórias de vidas passadas. Tais crianças podem até mesmo experimentar sintomas de transtorno de estresse pós-traumático, causados por suas visões do momento de sua morte. Alguns têm fobias relacionadas com estas visões traumáticas, e algumas simplesmente sentem tanta falta de seus familiares antigos que se tornam muito agitadas. Em muitos casos, as crianças que visitaram as famílias de suas encarnações passadas conseguiram resolver seus problemas.
O Dr. Trucker explicou que, às vezes, isso pode ajudar porque as memórias da criança foram validadas, ou porque a criança pode ver que a antiga família mudou e que aquela vida está no passado. De qualquer maneira, as crianças costumam parar de falar sobre suas vidas passadas em torno de 6 ou 7 anos.
Outra forma na qual a pesquisa pode ajudar os americanos, é que ela confirma a crença na vida após a morte. O Dr. Tucker disse que sua pesquisa pode ajudar as pessoas a tratar melhor uns aos outros, embora ele diga que qualquer crença espiritual, seja em reencarnação ou não, pode ajudar nesse sentido.
Será que algum dia os americanos serão tão abertos à ideia de reencarnação como as pessoas da cultura oriental? “Eu não vejo a cultura americana necessariamente se movendo nessa direção”, disse o Dr. Tucker. Cerca de 20% dos americanos acreditam que a reencarnação pode existir, e segundo ele não há nenhuma indicação de que este número esteja aumentando. Porém, talvez os americanos passem a acreditar em reencarnação depois de exemplos dentro de sua própria cultura de crianças que se lembram de vidas passadas, em vez de exemplos em aldeias do outro lado do mundo.
Quanto aos vários detalhes que as crianças dão de suas vidas passadas que correspondem com pessoas reais que morreram, o Dr. Tucker diz que “isso desafia o entendimento de que esses casos são apenas coincidências”.
Ele deu o exemplo de uma mulher no Líbano, que deu o nome de 25 pessoas que ela lembrava de vidas passadas, e uma descrição de seus relacionamentos. Em seu livro, “Return to Life: Extraordinary Cases of Children Who Remember Past Lives” (De Volta à Vida: Casos Extraordinários de Crianças que Lembraram de Vidas Passadas), o Dr. Tucker deu vários exemplos de crianças nos EUA e no exterior, cuja aparente lembrança de vidas anteriores confirmaram sua crença em vida após a morte.

Fonte: https://www.epochtimes.com.br/expert-fala-sobre-reencarnacao-vidas-passadas/#.VZ716vkYEQQ

Encontrada misteriosa espada Viking feita com tecnologia do futuro


Espada de Ulfberht exibida no Museu Nacional Germânico, em Nuremberg, Alemanha (Martin Kraft)
Espada de Ulfberht exibida no Museu Nacional Germânico, em Nuremberg, Alemanha (Martin Kraft)
A espada viking de Ulfberht é feita de um metal tão puro que confundiu os arqueólogos. Pensava-se que a tecnologia usada para forjar tais metais só havia sido inventada 800 anos mais tarde, durante a revolução industrial.
Cerca de 170 Ulfberhts foram encontradas, datando entre 800 e 1000 d.C. Um documentário da National Geographic intitulado “Os Segredos da Espada Viking” mostra um estudo que foi feito sobre a composição metalúrgica da espada.
No processo de forjamento do ferro, o minério tem de ser aquecido a 1650° Celsius para liquefazer, permitindo que o serralheiro remova as impurezas (conhecidas como “escória”). O carbono também é misturado para deixar o ferro mais forte. A tecnologia medieval não possibilitava aquecer o ferro a tão elevada temperatura, assim a escória tinha que ser removida por esmagamento, um método muito menos eficaz.
A Ulfberht, no entanto, quase não tem escória, e tem um teor de carbono três vezes maior do que qualquer outro metal da época. Ela era feita de um metal chamado “Aço de cadinho”.
Pensava-se que os fornos inventados durante a revolução industrial foram as primeiras ferramentas para aquecimento de ferro nessa extensão.
A diferença de pureza é vista pela consistência do aço Ulfberht, quase livre de escória (Tela / NOVA / National Geographic)
A diferença de pureza é vista pela consistência do aço Ulfberht, quase livre de escória (Tela / NOVA / National Geographic) 

O moderno ferreiro Richard Furrer de Wisconsin falou para o National Geographic sobre as dificuldades de se fazer tal espada. Furrer é descrito no documentário como uma das poucas pessoas capazes de reproduzir a Ulfberht. “É a coisa mais complicada que eu sei fazer”, ele disse.
Ele comentou sobre como o fabricante de Ulfberht poderia ter sido considerado como possuidor de poderes mágicos. “Ser capaz de fazer sujeira virar uma arma é algo realmente poderoso”, disse ele. Mas, para fazer uma arma que pode dobrar sem quebrar, se manter afiada, e pesar tão pouco é considerado algo sobrenatural.
Furrer passou dias trabalhando contínua e meticulosamente para forjar uma espada semelhante. Ele usou a tecnologia medieval, embora ele a tenha usado de forma nunca antes suspeitada. A menor falha ou erro poderia ter transformado a espada em um pedaço de sucata. Ele pareceu declarar seu sucesso com mais alívio do que alegria.
É possível que o material e o conhecimento tenham vindo do Oriente Médio. A rota de comércio de Volga, entre os assentamentos Vikings e o Oriente Médio, abriu na mesma época em que as primeiras Ulfberhts apareceram, e fecharam quando as últimas Ulfberhts foram produzidas.

Fonte: https://www.epochtimes.com.br/espada-viking-tecnologia-futuro/#.VZ7tMfkYEQR

Estados Unidos suspeitam que China podeerá ter intenção de destruir satélite

A China e a Rússia são capazes de abater satélites americanos, por isso os Estados Unidos têm que colocar um sistema de defesa antimíssil no espaço, disse o representante do comitê de serviços de informações da Câmara dos Representantes, Michael Rogers.
A China experimentou suas armas no espaço, destruindo seu próprio satélite, lembrou o congressista aos repórteres durante um café da manhã empresarial em Washington. Na opinião dele, isso significa que o país pode derrubar qualquer satélite dos EUA, e por isso é necessário colocar no espaço um sistema de defesa antimíssil.
O especialista militar Vladimir Evseev comentou para a Sputnik essa declaração, observando que os EUA não têm fundos suficientes para esse objetivo.
Por exemplo, os Estados Unidos têm 100 satélites militares. Então, para se proteger da China os EUA precisam localizar numa curta distância deles 100 satélites adicionais com alguns elementos de ataque. Isso é duplicação do grupo espacial. Além disso, eles precisam criar um sistema de detecção do lançamento de mísseis chineses e um sistema da proteção para cada tipo dos meios de destruição.
“A decisão de criar um sistema de defesa antimísseis espacial não pode ser aceita porque isso é muito caro para os EUA. Então, o que o senador diz parece bobagem. Simplesmente ele não percebe o que fala. Acho que os políticos americanos precisam entender a natureza do problema antes de fazer quaisquer declarações”, disse Evseev.
Hipoteticamente, as armas poderiam ser colocadas no espaço pela Rússia, pela China e por outros países – os EUA não são monopolistas. Ao mesmo tempo, o grupo de satélites dos EUA é o mais vulnerável, porque é o maior. Qualquer decisão sobre a colocação de armas americanas no espaço poderia complicar a situação e empurrar a Rússia e a China para a criação de um verdadeiro sistema antissatélite. Os dois países não vão implantar seus sistemas imediatamente, mas têm projetos em fase de desenvolvimento.
Além disso, eles exortam os EUA a abandonar essa ideia. Moscou e Pequim tentam chegar a um acordo sobre um código de conduta no espaço, principalmente para prevenir a colocação de armas. Washington sabe disso, mas se recusa a negociar com Moscou e Pequim.
Como o jornal norte-americano Business Insider escreveu em junho, a Secretaria da Força Aérea dos Estados Unidos pediu fundos adicionais para construir satélites que protejam o país de um possível ataque russo ou chinês. Um hipotético conflito entre a Rússia (junto com a China) e os EUA levou a Força Aérea dos Estados Unidos a pedir US$ 5 bilhões para o desenvolvimento e implementação de sistemas ofensivos e defensivos de satélites espaciais.
A Rússia e a China são consideradas os principais países contra os quais os EUA planejam realizar a "corrida espacial". Segundo a secretaria norte-americana, a ameaça pode ser provocada pelo bloqueio dos sistemas de navegação GPS e de satélites de comunicações.
Segundo nota do Business Insider, uma das razões para os EUA verem na Rússia um inimigo foi o lançamento russo, em 2014, de três satélites de telecomunicações e naves espaciais que podem passar de uma órbita mais alta para uma mais baixa, para mais perto dos outros satélites.

Fonte:http://www.ultimosacontecimentos.com.br/guerras/eua-suspeitam-que-china-possa-ter-intencao-de-destruir-satelite.html

Misteriosa descoberta no fundo do Mar Báltico

Desde 2011, tem sido publicado notícias a respeito do misterioso objeto encontrado no fundo do Mar Báltico, em forma de disco voador.

Embora o achado tenha sido descartado pelos céticos com uma formação natural, ficou óbvio que há algo mais a respeito deste objeto. Mas é claro, mesmo se o objeto não for natural, não significa que seja uma nave extraterrestre.

Assim, para refrescar a memória de todos, abaixo está um documentário do Discovery Channel a respeito da descoberta do misterioso objeto:

Fonte: http://ovnihoje.com/2015/07/09/documentario-a-misteriosa-descoberta-no-fundo-do-mar-baltico/

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Edifícios voadores serão o futuro da arquitetura graças a nova tecnologia

Tecnologias de ponta inspiraram uma proposta arquitetônica revolucionária, que prevê a construção de edifícios capazes de ficarem suspensos eletromagneticamente diante de ameaças sísmicas e inundações.

Recentemente, Greg Henderson, fundador da empresa Arx Pax, trabalhou com um grupo de inventores para desenvolver o que ele chama de “Magnetic Field Architecture” (MFA, ou “Arquitetura de Campo Magnético”, em português), um tipo de tecnologia eletromagnética que faz com que os objetos levitem.

A ideia já foi testada com a criação de skates voadores, como o hoverboard, o famoso aero-deslizador de “De Volta para o Futuro”, um sistema muito parecido ao princípio aplicado nos trens de alta velocidade Maglev.

Em uma entrevista para a revista Forbes, Henderson afirmou que “a ideia surgiu da tentativa de conseguir levitar os edifícios durante terremotos. Todos os padrões que eu estava procurando correspondiam a objetos em movimento. Por isso me perguntei: por quê? Se posso fazer com que um trem levite, por que não uma casa?” De acordo dom ele, a técnica é muito similar ao princípio das mesas do hóquei de ar, embora com um funcionamento inverso, que se dá através do eletromagnetismo e da lei de Lenz.

A empresa prevê a construção de edifícios sobre uma enorme prancha de cobre, ou alumínio, com ímãs. Diante da ameaça de um terremoto, os eletroímãs se ativariam para descolar ligeiramente o edifício do solo, evitando assim as consequências de um tremor.

Fonte: http://ellatinodigital.com/178999-arquitectos-desarrollan-tabla-flotar-edificios/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...